Luxemburgo reconhece equilíbrio do Sport contra Fluminense: "Foi um jogo difícil"

Comandante rubro-negro enaltece poder de superação de sua equipe e avalia empate na Ilha como justo

Luxemburgo reconhece equilíbrio do Sport contra Fluminense: "Foi um jogo difícil"
Treinador leonino comenta ainda sobre conversa com Abel após homenagem (Foto: Willliams Aguiar/Sport)

Mesmo com bom momento no Campeonato Brasileiro 2017, o Sport tem oscilado em algumas partidas. Na noite desta quarta-feira (2), ante o Fluminense, o Leão sofreu, mas ficou no empate em 2 a 2 em duelo na Ilha do Retiro. Os gols dos mandantes foram assinalados por André e Patrick, um em cada tempo.

Admitindo que o time não rendeu o esperado e valorizando a atuação do Tricolor, Vanderlei Luxemburgo reconhece o equilíbrio do Leão na partida. Para o comandante leonino, o descuido nos minutos iniciais e a dedicação dos atletas em buscar vencer, após ficar em desvantagem, foram fundamentais para o placar.

"Foi um jogo difícil e contra um adversário difícil. Estávamos perdendo por 2 a 0 e empatamos com a possibilidade de virar, porém é isso que temos que destacar. Os dois gols foram muito rápidos e não tem como imaginar situação assim. Conseguimos reagir e, por isso, iremos olhar o lado positivo, não o negativo", destacou Luxemburgo, que considera o resultado como justo.

Abel foi aplaudido de pé pelo público presente à Ilha do Retiro (Foto: Williams Aguiar/Sport)
Comandante tricolor foi aplaudido de pé pelo público presente à Ilha do Retiro (Foto: Williams Aguiar/Sport)

"Resultado foi justo, já que a gente entrou um pouco desligado, fora do jogo. Em dois lances isolados saíram dois gols do adversário e, mesmo assim, o time se manteve tranquilo e começamos a jogar o Fluminense para trás. Assim saiu nosso primeiro gol e, pouco depois, o segundo. A característica deles é essa, mas não vi tantos erros assim", completou.

Antes mesmo do apito inicial, Abel Braga recebeu homenagem devido ao falecimento do seu filho no último sábado (29) e foi aplaudido por todo o público presente ao estádio, além de cumprimentado por todos os jogadores. Amigo do comandante dos cariocas, Vanderlei comentou a respeito da conversa na entrada em campo.

Abel agradece homenagem na Ilha do Retiro: "Não poderia imaginar todo esse apoio"

"Nós somos amigos e nos damos muito bem. Não tive muito que falar, mas eu dei um abraço e disse que Deus sabe o que faz. É uma maneira de estar próximo dele, porém ninguém tem um sentimento assim não tendo passado por isso. Quem não perdeu um ente querido não tem a noção da dor, mas o Abel é um cara muito forte e tomou uma decisão difícil, que foi voltar a trabalhar", encerrou.


Share on Facebook