Daniel Paulista aponta gols no primeiro tempo como fator para derrota do Sport

Para o treinador interino do Leão, gols sofridos antes dos vinte minutos de jogo comprometeram a postura da equipe

Daniel Paulista aponta gols no primeiro tempo como fator para derrota do Sport
(Foto: Williams Aguiar/Sport Recife)

Na noite desta quarta-feira (08), o Sport conheceu mais uma derrota no Campeonato Brasileiro de 2017. O Botafogo foi o algoz da vez, batendo o time pernambucano por 2 a 1, com gols de Bruno Silva, aos 14, após falha grosseira de Magrão e Marcos Vinícius aos 18. André descontou para os donos da casa, já aos 40 da etapa final.

Daniel Paulista, comandante interino rubro-negro, concedeu entrevista coletiva após o jogo. Elogiando a postura de seu time nos primeiros minutos, ele atribuiu aos gols sofridos no início do duelo como determinantes para a mudança de panorama do confronto.

''Nós montamos uma estratégia porque sabíamos como o meio-campo do Botafogo é forte. Funcionou até o primeiro tempo. A equipe estava bem e criando algumas oportunidades de abrir o placar. Mas aí o primeiro gol veio, e logo em seguida o segundo. Isso desarmou. A equipe sentiu o golpe e ficou complicado dentro de campo'', analisou.

Daniel comentou também sobre o impacto do revés sofrido no elenco. Sem deixar de admitir o peso da derrota, o técnico afirmou que irá buscar trabalhar inclusive o lado psicológico de seus atletas para que possam sair da incômoda situação na tabela de classificação do campeonato.

''Tem um peso maior (a derrota) porque agora nós estamos dentro da zona de rebaixamento. A gente vau ter que trabalhar esse lado, tentar amenizar esse peso em cima dos atletas para que eles possam render o esperado'', disse.

O próximo desafio leonino será diante do lanterna da competição, o Atlético-GO. A partida está marcada para o próximo domingo (12), às 17h de Brasília (16h no Recife), no Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia/GO. No primeiro turno, quando os dois rubro-negros se enfrentaram, os pernambucanos levaram a melhor aplicando uma sonora goleada por 4 a 0, que por sinal, foi a última vitória do Sport em casa no campeonato.