Daniel Paulista lamenta derrota e admite dificuldade em permanecer na elite

Interino afirma ter estudado o adversário e alega que atletas não cumpriram o que foi pedido

Daniel Paulista lamenta derrota e admite dificuldade em permanecer na elite
(Foto: Williams Aguiar / Sport Club do Recife)

O momento do Sport no Campeonato Brasileiro continua péssimo. Com apenas uma vitória em todo o segundo turno e figurando na zona de rebaixamento, o Leão foi até Goiânia enfrentar o lanterna Atlético Goianiense e, com um futebol apático, saiu derrotado por 2x0. Após o jogo, o treinador interino Daniel Paulista concedeu entrevista, demonstrando insatisfação com o resultado e postura da equipe.

O comandante leonino garantiu ter estudado o adversário e ter passado toda uma estratégia para os jogadores. No entanto, lamentou que a execução tenha dado errado, elogiando ainda o modo como joga o time goiano. 

''Nós estudamos o Atlético, mostramos que eles se defendiam muito bem, faziam bons jogos e que teríamos que ter paciência, mobilidade para penetrar no adversário. Montamos toda essa estratégia, passamos tudo para eles (jogadores), mas dentro de campo as coisas não aconteceram dessa forma. A equipe teve dificuldades por vários motivos e perdeu o jogo'', disse.

Daniel não deixou de admitir a dificuldade para que o Leão consiga a tão cobiçada permanência na elite do futebol nacional para 2018. Mas mesmo sem vencer sob o seu comando dentro da competição, o técnico disse confiar em uma nova postura do time para o próximo desafio, diante do Palmeiras.

''Vamos analisar o que aconteceu, porque quinta temos um jogo difícil. A matemática é complicada, mas nós temos chances. Lógico, temos que ser realistas, mas seguir acreditando e procurar a melhor forma de jogar''.

O duelo entre Rubro-negros e Alviverdes acontecerá na próxima quinta-feira (16), na Arena Palmeiras e está marcado para as 20:00 de São Paulo e 19:00 de Recife. Os paulistas ocupam a terceira posição, com 57 pontos e vem de uma boa vitória diante do Flamengo, por 2x0, já os pernambucanos, no 17º lugar, somam 36 pontos e estão a três do Vitória, primeiro time fora da zona de rebaixamento.