Daniel Paulista aponta variações táticas no Sport para jogo com Corinthians

Com a mesma formação pela quarta partida seguida, o treinador diz estar preparado para o duelo contra o Corinthians

Daniel Paulista aponta variações táticas no Sport para jogo com Corinthians
Técnico rubro-negro tenta salvar o Sport pelo segundo ano consecutivo (Foto: Williams Aguiar / Sport Club do Recife)

Para enfrentar o Corinthians no próximo domingo (3), o técnico Daniel Paulista não tem se preocupado muito com um "plano b". É que esta pode ser a quarta vez seguida que o time do Sport entrará com a mesma escalação, fato que não chegou a acontecer desde o início do Campeonato Brasileiro 2017. Ao longo dos treinos desta semana, Daniel Paulista manteve os 11 titulares dos últimos quatro jogos sem fazer alterações para testar outras opções.

O técnico não tem receio de um time previsível. Destaca que fez variações de posicionamento entre os jogadores durante as atividades desta semana e fortacele que é possível uma mudança de trabalho com as mesmas peças.

"Posso não ter trocado peças durante os treinamentos, mas variações aconteceram, foram testados posicionamentos de jogadores durante a partida. Não é porque estamos repetindo peças que estamos fazendo o mesmo trabalho. Em determinados momentos, foi treinado marcação de mais pressão, mais defensiva, em bloco mais baixo. Houve variações", afirmou. 

Exemplo disso, entre as variações, Daniel Paulista usou o atacate Marquinhos por vezes na ponta e em outros momentos na frente ao lado de André. Dessa forma, o treinador rubro-negro admite ter um time preparado e sem muitas surpresas. 

"Agora é esperar a partida, até porque não se sabe o que vai acontecer, como as coisas vão se desenvolver. Mas acredito que estamos preparados para qualquer situação, independentemente do adversário."

Na reta final e com jogo decisivo, o treinador vê confiança no trabalho para enfrentar o atual campeão do brasileirão, que deve jogar com quase todo time reserva. 

“É um jogo diferente, que envolve muita coisa. Mas os jogadores estão tranqüilos, cientes das responsabilidades. Nossos atletas são de uma qualidade técnica muito grande, que estão acostumados a conquistar títulos e enfrentar momentos decisivos como esse que estamos vivendo”, disse