Presidente Arnaldo Barros garante Alexandre Faria no Sport: "Nunca teve permanência questionada"

Mandatário, que acumulará vice-presidência de futebol dos leoninos, assegura executivo no cargo depois de cobranças da torcida

Presidente Arnaldo Barros garante Alexandre Faria no Sport: "Nunca teve permanência questionada"
Arnaldo falou ainda sobre possíveis contratações rubro-negras e do planejamento para 2018 (Foto: Williams Aguiar/Sport)

A manhã desta terça-feira (12) foi de novidade na Ilha do Retiro. Após o fim do Campeonato Brasileiro, o presidente Arnaldo Barros concedeu entrevista coletiva para fazer um balanço de 2017 no clube, o primeiro ano da gestão. O principal assunto foi a formação do departamento de futebol, com o executivo Alexandre Faria tendo presença assegurada na próxima temporada.

"Todos os executivos aqui são criticados. Foi com Nei Pandolfo e André Zanotta, e com Alexandre Faria não é diferente. Alexandre nunca teve sua permanência questionada e ele fica no clube sim. Ele chegou aqui sob suspeitas de todos e, rapidamente com a construção do elenco, foi aplaudido e as notícias eram de que queimou a língua. Erros durante o ano todos nós cometemos", afirmou o mandatário leonino, explicando que ficará na vice-presidência antes ocupada por Gustavo Dubeux.

"Temos regra que, todo treino, tem que ter um diretor e todas viagens também. Gustavo se penalizava quando não podia fazer isso, pois ele é muito perfeccionista. A saída de Gustavo nos desfalca, porém temos que entender a situação dele. Enquanto achar por bem, irei acumular a função de vice-presidente de futebol. Eu já fiz a função e sei o quão é desgastante", completou.

Executivo leonino vai continuar no departamento de futebol no próximo ano (Foto: Williams Aguiar/Sport)
Executivo rubro-negro permanece no departamento de futebol no próximo ano (Foto: Williams Aguiar/Sport)

Na tentativa de evitar precipitações na questão financeira, Arnaldo cita a importância de angariar mais receitas, reforçando o marketing e área comercial do clube. Mesmo sem pensar em negociar alguns jogadores, outros já estão na mira para 2018, sendo oficializados somente depois de assinar contrato e serem aprovados pelo técnico Nelsinho Baptista, já confirmado pela diretoria como substituto de Daniel Paulista.

"Nossa intenção é fazer o melhor para o clube. Dizer que reduzir (folha salarial) é precipitado. Antes disso vou pensar em buscar mais receitas, mas já estou reforçando o marketing e a área comercial para isso. Não divulgamos nomes antes de contratos assinados, já que tivemos casos de atletas que vieram e foram embora. Não penso em vender jogador, porém não posso recusar uma boa proposta, seja quem for. Tem que ser uma proposta compatível", declarou.

Buscando iniciar 2018 com pé direito, o Leão tenta o tetracampeonato da Taça Ariano Suassuna no dia 14 de janeiro, mas sem ter adversário o definido. A Copa do Nordeste, que estava no calendário desde 2013, não vai ser disputada pelos rubro-negros: "Não cabia no calendário do jeito que está. Jogamos 80 vezes neste ano e o Sport não tem estrutura para ter 40 atletas. Tínhamos que optar e, dentre as opções, foi essa a decisão", encerrou.