Copinha VAVEL: o que esperar do Sport na Copa SP de 2018

Tricampeão do Estadual Sub-20 e motivado por campanhas positivas nos últimos anos, Leão tenta manter bom retrospecto

Copinha VAVEL: o que esperar do Sport na Copa SP de 2018
Rubro-negros pernambucanos buscam continuar com desempenhos positivos na Copinha (Foto: Williams Aguiar/Sport)

O bom desempenho nas competições de base motivam o Sport para a disputa de mais uma edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Os rubro-negros, tricampeões do Campeonato Pernambucano Sub-20 e a equipe com melhor desempenho na história do torneio, tentam seguir mantendo a escrita positiva em seu favor e colocando cada vez mais os jovens no mundo da bola.

Para o maior campeonato de base do país, o Leão está em preparação desde o dia 28 de novembro com muita motivação. Em ritmo forte nos treinos, mas ciente das dificuldades, o elenco é franco favorito a passar de fase, disputando a liderança do Grupo 18 com o São Carlos, que é o anfitrião.

Estreante na competição, o volante Vinícius diz sentir misto de alegria e ansiedade para a disputa. Desde o Sub-13 defendendo os leoninos, o cabeça de área tem somente 18 anos e espera fazer história: "Eu estou muito feliz e ansioso, pois é a minha primeira Copa São Paulo. Aprendi, aqui no Sport, que uns nascem para contar a história, enquanto outros nascem para fazer história. Estou com o pensamento de fazer história na Copa São Paulo e o time também está com esse objetivo", declarou o meio-campista ao site oficial.

Leão conquistou tricampeonato do Estadual Sub-20 de maneira invicta (Foto: Williams Aguiar/Sport)
Leão conquistou o tricampeonato do Pernambucano Sub-20 de maneira invicta (Foto: Williams Aguiar/Sport)

No elenco que vai disputar a Copa SP, dos 20 atletas convocados, cinco participaram anteriormente. Desses, o meia Alison é o principal nome, já que chega à terceira participação consecutiva e teve a oportunidade de atuar entre os profissionais, assim como o zagueiro Chico, o lateral-esquerdo Caio e o volante João Erick. O jogador, inclusive, marcou três gols na última edição do Campeonato Pernambucano Sub-20, sendo o quarto artilheiro da equipe.

Esses quatro são os favoritos a subir ao time principal, já que estão em idade mais avançada e conhecem o estilo de jogo. Mesmo que tenham sido pouco utilizados, mostraram ter bom potencial, se desenvolvendo bem ao longo dos anos. Todos integraram o grupo que foi tricampeão do Estadual na categoria, ainda que mais novos em relação aos demais e já integrados ao profissional.

Já acostumado a trabalhar com os jovens do Leão, Júnior Câmara tem em seu favor bons retrospectos em competições de base com o clube. O melhor desempenho foi o inédito vice da Copa do Brasil Sub-17, em 2016, com quem vai voltar a trabalhar nesta edição da Copinha, agora mais maduros.

Júnior Câmara tenta primeira campanha positiva no cenário nacional pelo Leão (Foto: Williams Aguiar/Sport)
Júnior Câmara tenta primeira campanha positiva no cenário nacional pelo Leão (Foto: Williams Aguiar/Sport)

Há seis anos cuidando das categorias inferiores do time rubro-negro e embalado por campanhas positivas, o técnico está ciente dos desafios pela frente. Responsável pelo Sub-20 desde a atual temporada, Júnior busca fazer a equipe ser uma das favoritas ao título, mesmo as outras tendo mais favoritismo.

Se em 2016 chegou às quartas de final, igualando a marca de 1997, em 2017 o Sport caiu fora na terceira fase, duas antes do feito histórico. O Leão iniciou com derrota para o Batatais, mas conseguiu ressurgir com vitórias sobre Comercial-SP e Rio Claro, avançando como vice-líder do Grupo 8.

Na segunda fase, foi até Araraquara encarar o franco-favorito ao título Palmeiras, que havia encerrado como líder no Grupo 7. Ainda assim, se mostrou eficaz e saiu vitorioso por 1 a 0, com gol do atacante Wallace. Em sequência, entretanto, reencontrou seu algoz da chave inicial e foi eliminado ao perder por 2 a 1, com o Fantasma sendo o vice-campeão do certame.