Sport ganha apoio psicológico para disputa da Copa São Paulo: "É importante ter coesão"

Psicólogo Murilo Calafange, que auxilia categorias de base da equipe rubro-negra, garante foco dos atletas na competição

Sport ganha apoio psicológico para disputa da Copa São Paulo: "É importante ter coesão"
Leão vai fazer a estreia no certame diante do Confiança-SE já na próxima semana (Foto: Anderson Freire/Sport)

Na próxima quinta-feira (4), o Sport faz a primeira partida na Copa São Paulo de Futebol Júnior e o foco nos últimos dias é preparar bem seus jogadores psicologicamente para o campeonato. Com isso, o psicólogo Murilo Calafange vem trabalhando intensamente com comunicação, identificação de lideranças e construção de um objetivo em comum ao realizar encontros coletivos e individuais.

Ciente da importância do grupo estar unido, o profissional explica bem qual o roteiro a ser seguido na competição. Murilo destaca que precisa unir todo o elenco e valorizar o conjunto, mesmo que tenham líderes e peças que apresentem mais qualidade, se sobressaindo em relação ao restante.

"Para a Copa São Paulo é importante ter coesão, se conhecerem bem e identificar os líderes. Nós trabalhamos em direcionar todas as energias para o que a comissão técnica fala, para entre eles, que jogam, possam se articular dentro das metas em comum, ensinando a tirar um pouco dos desejos pessoais em prol de algo coletivo. A coesão é fundamental no esporte coletivo e é a base do meu trabalho em qualquer certame", disse, comentando a necessidade de tirar a ansiedade.

Sport tenta manter bom desempenho nas categorias de base (Foto: Williams Aguiar/Sport)
Leão visa manter bom desempenho nas categorias de base também na Copinha (Foto: Williams Aguiar/Sport)

"Nós identificamos quando atletas apresentam um grau de ansiedade ou não conseguem dormir direito, pois pensam muito na competição e tratamos com eles de forma individual para ensiná-los a ter o controle disso. Junto à ansiedade, ensinamos a ter equilíbrio emocional, como a ansiedade atrapalha e a conhecer o corpo humano. Quando eles têm a informação, fica mais fácil de entender", completou Calafange.

Quem está satisfeito com a qualidade do atual elenco é Júnior Câmara, comandante da equipe e que acredita em bons resultados. Técnico no inédito vice-campeonato da Copa do Brasil Sub-17, em 2016, lembrou que volta a contar com atletas daquele plantel, agora mais maduros e já conhecidos.

"Em termo de talento, essa é uma das melhores equipes que tive aqui no clube. É difícil prever uma competição em fase de torneio e disputa de ‘mata-mata’, mas com certeza é uma equipe que vem forte não só na Copa São Paulo, como também durante Brasileiro e Copa do Brasil", assegurou Júnior.