Sem Raul Prata, Nelsinho Baptista praticamente define Sport para jogo contra Atlético Tucumán

Comandante do Leão encerra dúvidas no time para estreia na temporada, válida pela quarta edição da Taça Ariano Suassuna

Sem Raul Prata, Nelsinho Baptista praticamente define Sport para jogo contra Atlético Tucumán
Treinador retornou à equipe rubro-negra depois de passar nove anos no futebol japonês (Foto: Williams Aguiar/Sport)

Sport está pronto para a estreia na temporada! Conforme encerrou a movimentação nessa quinta-feira (12), Nelsinho Baptista vai definir o Leão com a ausência de Raul Prata, que está com um incômodo no pé, e a presença do jovem atacante Índio no lugar de Thomás entre os 11, por opção.

Antes dúvida para jogar, Raul vai ser poupado pelo técnico, buscando evitar que a lesão se agrave nesse início de temporada. O restante dos defensores, no entanto, serão mantidos, com Magrão no gol, além dos zagueiros Ronaldo Alves e Durval. Na lateral-esquerda, contudo, segue Sander, já que Capa ainda não está em ritmo de jogo e ainda aguarda a oficialização.

Jovem volante Fabrício foi testado no setor durante a semana (Foto: Williams Aguiar/Sport)
Jovem volante Fabrício foi testado durante a semana e ganhou vaga entre os 11 (Foto: Williams Aguiar/Sport)

Outra mudança no time titular, para partida contra o Atlético Tucumán pela Taça Ariano Suassuna, é no meio-campo. No setor de marcação, permanecem mantidos Anselmo e Pedro Castro, enquanto que para a armação há novidades. Marlone ficará isolado, já que Thomás perdeu vaga para Índio, o que modificou a estrutura tática.

Com isso, a promessa rubro-negra vai formar um trio ofensivo ao lado de Rogério - na outra ponta - e André, que vai atuar pela referência dos leoninos. Assim como Capa, Felipe Rodrigues espera ser oficializado no clube como contratado para poder entrar em campo, mesmo que seja no segundo tempo.

Atacante Índio ganha vaga para meia Thomás e modifica estrutura tática (Foto: Williams Aguiar/Sport)
Atacante Índio ganhou espaço para meia Thomás, modificando a estrutura tática (Foto: Williams Aguiar/Sport)

Entre os suplentes, entretanto, o comandante manteve a base tática já planejada para 2018, deixando Henríquez e Léo Ortiz no miolo da zaga e Neto Moura armando jogadas: Agenor; Felipe Rodrigues, Henríquez, Léo Ortiz e Capa; Thallyson, Evandro, Neto Moura e Thomás; Reinaldo Lenis e Juninho.

Caso não realize alterações de última hora, o treinador visa confirmar a equipe ante os argentinos no 4-3-3 com: Magrão; Fabrício, Ronaldo Alves, Durval e Sander; Anselmo, Pedro Castro e Marlone; Índio, André e Rogério. Há possibilidade, por outro lado, da escalação ser montada no 4-4-2.