Vasco recebe Tupi buscando retomar liderança da Série B e manter invencibilidade no ano

Embalados pela goleada sobre o Sampaio Corrêa, cariocas pretendem manter bom momento; Tupi que somar os três primeiros pontos na competição

Vasco recebe Tupi buscando retomar liderança da Série B e manter invencibilidade no ano
(Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)
Vasco da Gama
Tupi
Vasco da Gama: Martín Silva, Yago Pikachu, Luan, Rodrigo, Júlio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho, Nenê; Jorge Henrique, Thalles; TEC: Jorginho.
Tupi: Glaysson; Formiga, Heitor, Rodolfo Mol, Bruno Costa; Rafael Jataí, Filipe Alves, Marcos Serrato; Jonathan, Thiago Silvy, Giancarlo; TEC: Ricardo Drubscky.
ÁRBITRO: Francisco Carlos do Nascimento (AL), auxiliado por Pedro Jorge dos Santos (AL) e Brígida Cirilo Ferreira (AL)
INCIDENCIAS: Partida válida pela segunda rodada da Série B, a ser realizada neste sábado (21), às 16 horas, no Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro.

O Vasco da Gama vai receber o Tupi neste sábado (21), às 16 horas, em São Januário, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Será a estreia da equipe de Jorginho em seu estádio na competição. O retorno à casa, três dias depois da épica classificação na Copa do Brasil, com gol nos acréscimos do “zagueiro-artilheiro” Rafael Vaz, tem expectativa de casa cheia.

Na primeira rodada, o Vasco atropelou a equipe do Sampaio Corrêa, fora de casa. Com show de Nenê, que marcou três vezes, além de ter feito o cruzamento para o primeiro gol da partida, marcado por Riascos, o Gigante da Colina venceu por 4 a 0. Já o Tupi foi derrotado em pleno Municipal de Juiz de Fora, pelo Goiás, um dos rebaixados no ano passado, ao lado do Vasco.

A arbitragem da partida ficará à cargo de Francisco Carlos do Nascimento, que terá o auxílio de Pedro Jorge dos Santos e Brígida Cirilo Ferreira. Todos vêm de Alagoas e fazem parte do Quadro Nacional de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Jorginho finaliza preparação e deve manter mesma equipe das últimas partidas

O Vasco treinou na manhã desta sexta-feira (20), em São Januário, palco da partida deste sábado, diante do Tupi de Juiz de Fora. Na atividade, o treinador Jorginho, juntamente com sua comissão técnica, comandou um trabalho forte.

A indicação é que a equipe a vir à campo contra o alvinegro mineiro seja, em sua base, a mesma que enfrentou o Sampaio Corrêa, pela estreia da Série B, e o CRB, pelo jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil. Uma das poucas dúvidas que pairam sobre a cabeça de Jorginho tem nome: Madson. O lateral, que foi poupado na última quarta, ainda não pôde ser confirmado pelo Departamento Médico da equipe.

Madson tinha atuado em todas as partidas do Vasco até então, incluindo Campeonato Carioca, Copa do Brasil e a estreia na Segunda Divisão. Por isso, o Centro Avançado de Preparação, Recuperação e Reabilitação Esportiva do Vasco (Caprres) vetou o atleta para o embate de quarta, sob alegação de que colocá-lo em campo, poderia resultar em uma lesão grave. Por esta razão, a presença do camisa 2 contra o Tupi ainda é incerta.

O restante da equipe deverá ser mantido. Martín Silva, que conseguiu liberação da Seleção do Uruguai para as próximas duas partidas, contra o Tupi e o Vila Nova, é garantido. Luan, que sentiu problema na final do Carioca, mas já atuou bem e não voltou a preocupar, também. Na frente, Andrezinho e Nenê surpreendem pelo preparo físico, mesmo com as idades avançadas, e o ataque, a escolha deverá ser por Thalles, no esquema clássico, com um centroavante enfiado no meio dos zagueiros adversários.

Sobre o adversário, Jorginho pediu atenção para a forma que o Tupi costuma jogar. Saindo rápido na defesa, com transição bem-feita, a equipe de Minas é muito perigosa, ponto esse que os vascaínos têm de levar em conta. “É uma equipe que defensivamente se arma muito bem. Eles procuram sair com rapidez para os contra-ataques. Um time relativamente alto e muito forte na bola parada. Temos que estar muito atentos em relação a isso”, comentou.

Drubscky deve manter a base das últimas partidas para pegar o Vasco

O Tupi de Ricardo Drubscky finalizou a preparação para a partida contra o Vasco da Gama. Na atividade, em Santa Terezinha, o treinador não fez questão de esconder a equipe que irá a campo. Apesar de tentar despistas, Drubscky mudará poucas peças.

Segundo o treinador, o elenco do Tupi é bastante polivalente, o que torna o trabalho do Comissão Técnica bem mais fácil, com peças que podem ser trocadas de posição, sem sofrer decréscimo na qualidade de jogo. Bruno Costa está confirmado na lateral, e a dupla formada por Rodolfo e Heitor fará a zaga titular. Marcos Serrato também é certo. O atleta substituirá Recife, no meio campo, já que, segundo Ricardo, com boa técnica, Serrato deverá dar mais agressividade ofensiva à equipe.

Sobre Giancarlo, o treinador foi enfático. Não é certo que o atacante entre em campo, mas dependendo das circunstâncias de jogo, a possibilidade poderá existir. “Eu espero explorar todo o potencial da nossa equipe. Sei que tenho o Giancarlo como centroavante, ele não é um atacante de muitas movimentações, é pivô, centralizado, de bom gesto técnico, sabe fazer o pivô, experiente. Então nós precisamos criar um volume de jogo”, declarou Drubscky.