Madson se diz tranquilo quanto a disputa com Pikachu e elogia companheiro: "Já provou sua qualidade"

Madson se diz tranquilo quanto a disputa com Yago Pikachu e projeta primeiro gol com a camisa vascaína: "Vai ser a cereja do bolo".

Madson se diz tranquilo quanto a disputa com Pikachu e elogia companheiro: "Já provou sua qualidade"
(Foto: João Viana/VAVEL Brasil)

O lateral Madson que voltou de lesão na última partida contra o Náutico, concedeu uma coletiva logo após o treino marcado à tarde em São Januário nesta quinta-feira (16).

O bahiano de 24 anos comentou sobre a disputa que vem tendo com o companheiro de equipe, Yago Pikachu. Segundo o mesmo, é uma disputa sádia, que é bom para o treinador e exalta o Yago.

"Acho que sim (a disputa). O Yago já provou sua qualidade e vem entrando bem nos jogos esse ano. Veio do Paysandu e era o a referência da equipe, e ele chegou meio tímido. Não desrespeitando o Paysandu, mas quando você chega numa grande equipe como o Vasco da Gama, você se assusta um pouco. Aconteceu comigo, quando eu cheguei me assustei um pouco. Mas agora ele está se soltando já", comentou Madson.

Na última partida, Madson quase desencantou com a camisa cruz-maltina. Em um lance vindo da lateral, o garoto quase marcou seu primeiro gol com a camisa da Colina Histórica. Questionado sobre sua expectativa de balançar as redes, Madson trata com bom humor.

"Vai ser a cereja do bolo (risos), 80 jogos com a camisa do Vasco, mas ainda não saiu o gol. Está faltando isso. Está me incomodando, sim, mas a gente vem trabalhando para isso", frisou com humor, mas projetou seu futuro.

Quando o Vasco perdeu a invencibilidade, Nenê não estava em campo e o time não conseguiu efetuar suas jogadas. Questionado sobre a ausência do meia, que voltou contra o Náutico e a equipe teve outra postura, Madson diz que o time sente a falta do jogador.

"Com certeza (sentem a falta). O Nenê é o principal jogador da equipe. Ele é o articulador das jogadas ofensivas. Tivemos um pouco de dificuldade contra o Atlético-GO, sobrecarregou muito o Andrezinho no meio-campo para poder organizar a equipe. O Nenê é esse cara, que vai dar a assistência, que vai colocar de frente para o gol", comentou.

O Gigante da Colina irá enfrentar o Paysandu neste sábado (18), em São Januário, às 16h30.