Jorginho assume responsabilidade por derrota do Vasco em casa

Papão assoprou no Caldeirão vascaíno e assim o time cruz-maltino soma dois jogos perdidos na Série B

Jorginho assume responsabilidade por derrota do Vasco em casa
(Foto: Divulgação/Vasco)

Foram 17 jogos de vitória em São Januário, até que neste sábado (18), diante o Paysandu o Vasco se deparou com a derrota. Os dois gols foram marcados no segundo tempo, o time vascaíno não esboçou reação e o técnico admitiu que os principais nomes não tiveram boas atuações.

O que foi determinante é que realmente não estivemos bem. Fizemos um jogo ruim, não tivemos a criatividade necessária que normalmente temos, a posse de bola no campo do adversário foi muito pouca. Tentamos sempre definir no lado que iniciava a jogada e agora é ter calma. Sempre digo que quando ganhamos não está tudo muito bom, e quando perdemos não está tudo ruim. Não fizemos um bom jogo, e os resultados não foram bons para quem está na ponta. O Atlético-GO perdeu, continuamos na ponta e com dois pontos de vantagem. Entendo a reclamação do torcedor, mas essa mesma equipe já deu muita alegria para eles.”

Líder da Série B, com 22 pontos, o treinador vascaíno disse que sua preocupação em campo era de colocar sua equipe bem, no entanto o time do Papão foi feliz nos contra-ataques “Temos que ressaltar que o Paysandu foi muito bem. Um time que em momento algum se preocupou em atacar, apenas no contra-ataque. Armaram as linhas de quatro ali e estava muito difícil. Estávamos trocando pouco os passes e precisávamos ser rápidos com variação. Depois, passamos a jogar no 4-2-3-1 e precisávamos de movimentação. O time ficou estático. Com as entradas do Eder e do Caio, queria amplitude. Foi um dia ruim. Como treinador, assumo toda responsabilidade. Vamos continuar tentando ser protagonistas dentro da nossa casa.”

Favorito entre os times da segunda divisão, o Vasco pode ser, mas, não terá um caminho fácil. O comandante Jorginho apontou que os jogos em casa com o apoio da torcida é especial e também é preciso paciência em alguns momentos. Do lado de fora de campo, Jorginho analisou que os jogos fora de casa são mais interessantes porque os adversários se expõem mais

“Pegamos uma equipe que estava na zona de rebaixamento, o normal era ganhar, mas não ganhamos. Eles vieram fechados lá atrás, como todos têm vindo. Reconheço que não fui bem nas substituições, peço desculpas ao torcedor.”