Jorginho lamenta derrota em casa e blinda elenco: “A responsabilidade é toda minha"

Treinador acredita que a equipe 'deixou o Paraná sonhar', o que pode ter tornado a partida mais complicada para o Cruzmaltino

Jorginho lamenta derrota em casa e blinda elenco: “A responsabilidade é toda minha"
Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

A falta de criatividade no meio-campo vascaíno vem chamando a atenção nas últimas rodadas. Embora contando com Nenê e Andrezinho, a equipe não vem se apresentando bem ofensivamente, deixando a desejar no quesito “criação de jogadas”. A falta de aproveitamento na frente, acaba por tornar qualquer falha defensiva, determinante. E assim como contra o Paysandu, a metade ofensiva do plantel cruzmaltino não foi capaz de furar a retranca proposta pelo Paraná Clube, principalmente na segunda etapa, desperdiçando chances e cedendo a virada nos minutos finais, com uma falha do zagueiro Aislan.

Após o apito final, os torcedores foram rápidos em criar “memes” nas redes sociais, que colocavam o defensor, que substituiu Luan após lesão na lombar, como foco principal da derrota diante dos paranaenses. Sobrou até mesmo para Carol Nakamura, modelo e namorada do atleta. Contudo, Jorginho tratou de colocar panos quentes na questão. Na coletiva pós-jogo, o ex-lateral se classificou como “único responsável” pela derrota desta noite.

“A responsabilidade é sempre minha, como treinador eu preciso estar atento em relação a isso. De ver de que forma conseguimos sair dessa marcação dos adversários. Como treinador tenho que procurar escalar uma equipe que possa superar o adversário e possa vencer em campo”.

O treinador também tentou se explicar em relação as chances perdidas pela equipe, que em sua opinião, animaram os adversários, tornando então a partida mais complicada para o Vasco. O Paraná começou a ter mais posse de bola e levar mais perigo ao gol de Martín Silva, especialmente em contra-ataques.

“Poderíamos ter decidido o jogo no primeiro tempo. Costumamos muito falar isso. Quando as equipes vêm aqui, se elas vão gostando do jogo, dificulta. Demos essa oportunidade de eles empatarem”.

Mesmo com a derrota, o Vasco da Gama permaneceu na liderança da Série B, somando 28 pontos, três a mais que o rival mais próximo, o Atlétigo-GO. Na próxima rodada, a equipe viajará para Florianópolis, para enfrentar o Avaí, na Ressacada. A partida está marcada para o próximo sábado (2), às 16h30 (de Brasília).