Nezinho fala sobre a experiência do elenco vascaíno e o próximo clássico contra o Flamengo

Aos 35 anos, o armador vem sendo essencial para a boa fase do Vasco

Nezinho fala sobre a experiência do elenco vascaíno e o próximo clássico contra o Flamengo
Nezinho participou do Debate Sobre o Racismo no Futebol (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Após anos fora da elite do basquete nacional, o Vasco parece ter voltado para ficar e figurar entre as grandes equipes do NBB. Vencer a Liga Ouro e conseguir o acesso à competição mais importante do basquete brasileiro foi um grande passo, porém, para a temporada atual o Gigante da Colina teve de reforçar seu elenco, e pelo que demonstrou até aqui, pode não exercer apenas um papel de coadjuvante nas competições de âmbito nacional.

Para a reestreia na elite nacional, o Vasco manteve boa parte da base vencedora da última temporada e contratou alguns experientes jogadores. David Jackson, Murilo Becker, Nezinho, Fiorotto e Wagner foram as caras novas em São Januário, e com toda a experiência que acumularam em seus muitos anos de basquete profissional, agregaram bastante valor ao elenco vascaíno.

Mesmo com todas as boas contratações, ninguém esperava um início de temporada tão forte. Invicto no Campeonato Carioca, o Vasco já venceu o Flamengo, seu maior rival e principal equipe no cenário nacional, em duas oportunidades. No duelo disputado pela competição estadual, o Gigante da Colina chegou a ficar vinte pontos atrás do placar e ainda assim conseguiu a virar a partida.

Um dos grandes destaques dessa boa fase é Nezinho. O experiente armador é um amante dos clássicos, e sempre gostou de jogar contra o Flamengo. Com sua habilidade acima da média, o atleta tem se destacado nas assistências e no bom aproveitamento nas bolas de três, que têm ajudado muito o Vasco em momentos de dificuldade durante as partidas.

Quando perguntado sobre o entrosamento da equipe, que mesmo cheia de caras novas tem feito partidas consistentes, Nezinho respondeu: "São jogadores realizados, com uma cabeça boa, que só querem vencer. Isso certamente diminui o tempo necessário para adquirir um entrosamento tão grande. E é claro que tem a participação do nosso técnico, Christiano Pereira, que está sabendo lidar com todos os jogadores experiente, querendo jogar, e nós sabemos que lidar com isso não é fácil". 

Nezinho em ação no último clássico contra o Botafogo (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)
Nezinho em ação no último clássico contra o Botafogo (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Também questionado sobre o próximo clássico pelo Campeonato Carioca, novamente contra o Flamengo, Nezinho relembrou a desvantagem vivenciada no duelo válido pelo primeiro turno, e disse esperar que tal situação não ocorra novamente. 

"Eu acredito que nós teremos grandes dificuldades, porque vamos pegar uma equipe que é campeã, está liderando há muito tempo. Porém, espero que não haja tanta dificuldade a ponto de deixarmos o Flamengo abrir vinte pontos, porque é difícil estar buscando um placar adverso desse. Tem o desgaste físico, emocional, mas mesmo assim a equipe mostrou cabeça pra virar a partida. Espero que nessa sexta-feira consigamos vencer novamente, porque a equipe está querendo a vitória e nós esperamos coisas grandes pra essa temporada", disse Nezinho, demonstrando bastante confiança na equipe. 

Ainda antes de enfrentar o Flamengo, na sexta-feira (14), os vascaínos irão a Macaé duelar contra a equipe da casa. A partida será disputada na próxima terça-feira (11), e vale pela penúltima rodada do segundo turno do campeonato estadual.