Andrezinho exalta importância de São Januário para partida diante do CRB

Andrezinho, Martín Silva e Luan  exaltaram a importância de jogar em casa e dos bons resultados conquistados no histórico estádio

Andrezinho exalta importância de São Januário para partida diante do CRB
Andrezinho foi um dos jogadores que falaram sobre o duelo contra o CRB (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

No próximo sábado, o Vasco receberá o CRB (AL) em São Januário, às 16:30, pela 31ª rodada da Série B. A equipe carioca busca a vitória e conta com um tropeço do Atlético Goianiense para recuperar a liderança, perdida há poucas rodadas. 

As atuações abaixo da média têm posto em cheque até a permanência do técnico Jorginho, que há poucos meses era considerado incontestável no cargo. Em meio a isso, nada melhor do que uma boa atuação em casa para elevar a moral da equipe e ganhar algum crédito com a torcida. 

A última boa partida dos vascaínos foi exatamente em São Januário, contra o Atlético Goianiense, algoz cruzmaltino e atual líder da competição, quando os cariocas venceram por 2 a 0. De lá pra cá, foram duas derrotas e uma vitória, contra o Londrina, contando com um gol contra do adversário e vencendo pelo placar mínimo. 

Andrezinho, Luan e Martín Silva, três dos pilares vascaínos, falaram sobre a importância do fator casa e o bom aproveitamento da equipe em seus domínios. 

Jogando em casa vamos precisar tomar a iniciativa do confronto, pressionar desde o começo para evitar que o CRB tente impor sua maneira de jogar. Não podemos permitir que a partida caia em um ritmo desfavorável ao Vasco, pois foi isso que nos complicou bastante em algumas partidas dentro de São Januário. Quanto mais estivermos dentro do campo do CRB mais perto da vitória nós ficaremos”, disse o experiente meia Andrezinho, que divide com Nenê a responsabilidade de comandar o setor criativo da equipe.

Luan fez questão de exaltar as dificuldades das partidas válidas pela Série B, insistindo que o fator casa tem de ser aproveitado pelos vascaínos: “O Vasco precisa ganhar essa partida e quando joga fora de casa normalmente é muito pressionado, pois na Série B os times forçam mesmo para que o fator campo possa prevalecer. O momento é de cercar o CRB de qualquer maneira, acuá-lo em seu campo e não permitir que seus jogadorees, que são inteligentes, encontrem a melhor maneira de se comportarem dentro de São Januário”, afirmou o zagueiro, que provavelmente voltará a ter a companhia de Rodrigo na defesa vascaína.

Questionado sobre a queda de rendimento da equipe, o goleiro Martín Silva preferiu não especificar um motivo e pontuou dizendo que o importante é garantir o acesso. 

"Não posso definir num aspecto essa queda de rendimento. Acho que num campeonato muito longo é normal que um time não mantenha o nível de produção o tempo todo. O importante é sair dessa fase o quanto antes possível. Temos muita coisa para corrigir, estamos sendo irregulares. Fizemos jogos bons, contra Santos e Atlético Goianiense, depois jogos que deixaram muita dúvida, contra Náutico e Paysandu. Creio que nessa reta final o Vasco tem que voltar a se impor como time grande e fechar o campeonato mais tranquilo possível. O mais importante é subir, até para que o clube já comece a pensar na Série A", disse o arqueiro vascaíno. 

Com o time quase completo, dos titulares o Vasco deve apenas continuar com o desfalque de Douglas, que está a serviço da seleção. Rafael Marques e Jomar estão fora da partida, o que faz o retorno de Rodrigo ser essencial, já que a outra opção, que seria o Aislan, não inspira confiança aos torcedores.