Paraná e Vasco se enfrentam em Cariacica pressionados por resultados recentes

Tricolores tentam fugir da zona que antecede o Z-4, mas excesso de derrotas atrapalha; Vasco sonha em retomar a liderança, o que será impossível nesta rodada

Paraná e Vasco se enfrentam em Cariacica pressionados por resultados recentes
Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Paraná
Vasco da Gama
Paraná: Marcos; Leandro Silva, Pitty, Alisson, Rafael Carioca; Anderson Uchoa, Fernandes, Diego Tavares, Murilo Rangel; Fernando Karanga, Lúcio Flávio; TEC: Marcelo Fernandes.
Vasco da Gama: Martín Silva; Madson, Luan, Rodrigo, Júlio Cesar; Douglas Luiz, William Oliveira, Andrezinho, Nenê; Ederson, Junior Dutra; TEC: Jorginho.
ÁRBITRO: Marielson Alves Silva – BA (CBF); auxiliado por: José Carlos Oliveira dos Santos – BA (CBF) e Adaílton José de Jesus Silva – BA (CBF)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B, a ser realizada na tarde deste sábado (22), às 16h30, no Estádio Kléber Andrade, em Cariacica, Espírito Santo.

O Vasco terá pela frente, em partida válida pela 32ª rodada do Brasileirão Série B, a equipe do Paraná Clube. Porém, diferentemente do que se poderia pensar, mesmo em condição de visitante, os cariocas terão a grande maioria da torcida a seu lado no duelo. Isso porque o jogo foi marcado, a pedido do próprio Paraná, para Cariacica, no Espírito Santo. Além de ser um estado vizinho ao Rio, a cidade capixaba é conhecida como reduto vascaíno, muito devido a sua proximidade com a capital Vitória, onde habitam diversos simpatizantes das equipes cariocas. O confronto está marcado para as 16h30 (de Brasília) deste sábado (22).

As duas equipes compartilham de resultados ruins na rodada passada. Os mandantes perderam para o Joinville, em Santa Catarina, pelo placar de 1 a 0, mantendo o tricolor paranaense na 15ª posição, com 36 pontos, próximo ao grupo dos rebaixados à Série C em 2017. Já o Vasco, em casa, foi derrotado para o CRB, que ocupa colocação no meio de tabela. Com o tropeço, os cariocas viram os rivais do Atlético-GO abrirem quatro pontos na liderança, e se veem agora, na obrigação de conquistar os três pontos, já que o Avaí, que já jogou na rodada, chegou aos mesmos 54, colando na luta pelo título.

A arbitragem da partida ficará à cargo de Marielson Alves Silva, aspirante à Fifa e bastante experiente em comandos de jogos na Segundona. Para seu auxílio, José Carlos Oliveira dos Santos e Adaílton José de Jesus Silva, ambos da CBF, foram os selecionados. Todo o trio vem da Bahia.

Roberto Fernandes finaliza preparação no Paraná reclamando do excesso de alterações

O Paraná Clube terminou, nesta sexta-feira, a preparação para o confronto diante do Vasco da Gama, vice-líder da competição, neste sábado (22), em Cariacica, no Espírito Santo. Na atividade, na Vila Capanema, o treinador da equipe, Roberto Fernandes, teve de estudar novas alterações no plantel. Isso porque, devido à lesões e suspensões, o comandante tricolor ainda não conseguiu repetir nenhuma escalação nos quatro jogos liderando a comissão técnica da equipe.

Neste período, o time paranaense venceu apenas uma partida, dando a entender, e reforçando a tese de Roberto, no sentido de que as mudanças precisam parar. Para o treinador, isso atrapalha, já que o ritmo dos atletas é alterado de uma semana para a outra, jamais permitindo que o melhor entrosamento possa aparecer. Mas por outro lado, Fernandes pensa na positividade também, já que com estas alterações, é possível ver outros atletas em atividade.

Para este sábado, Fernandes não poderá contar com o volante Wellington Reis, o lateral Lucas Taylor e o meia Valber, que está machucado, diferentemente dos primeiros, que cumprem suspensão automática pelo excesso de cartões amarelos. Ainda longe de sua melhor forma física, Cristian segue como dúvida e poderá ser mais um desfalque. Por outro lado, o goleiro Marcos, os zagueiros Leandro Silva e Alisson, o meia Diego Tavares e o atacante Fernando Karanga voltam a figurar entre os possíveis nomes, dando um certo alívio à Marcelo na montagem da equipe.

Com antecedência, Jorginho define equipe vascaína com Dutra e William  

Diferentemente do que vem sendo a prática adotada por comissão técnica e diretoria no Vasco, o treino desta sexta foi aberto e esclarecedor. Jorginho não fez mistérios e definiu os atletas que vão à campo diante do Paraná, buscando a aproximação da liderança novamente, após tropeço diante do CRB na última rodada.

Segundo o comandante, as alterações na equipe foram positivas, possibilitando a observação de algumas peças que comumente não fazem parte do plantel titular. Desta forma, principalmente Junior Dutra e William Oliveira ganham oportunidade, nas vagas de Diguinho e Thalles.

A outra alteração visível, promovida por Jorginho, é o retorno de Douglas Luiz. O jovem volante, que vem acumulando boas atuações na meia cancha cruzmaltina, recupera seu lugar, após integrar a seleção brasileira Sub-20. Desta forma, o Vasco termina a preparação e visa o retorno aos bons momentos, principalmente, os de primeira divisão.