Herói contra o Ceará, Thalles fala sobre pressão e futuro incerto

Jovem centroavante tem contrato apenas até março de 2017 e ainda não sabe se ficará no clube

Herói contra o Ceará, Thalles fala sobre pressão e futuro incerto
Maracanã - Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

A história de Thalles se assemelha a de muitos outros jovens que saem de bairros pobres cariocas e seguem o sonho de jogar em uma grande equipe do futebol brasileiro. O jovem de 21 anos já está há uma década no Vasco, seu clube de coração, e desde a base é tratado como uma das grandes promessas do Gigante da Colina, fato qual sempre trouxe muita pressão e cobrança por gols e atuações decisivas.

Autor dos dois gols da equipe diante o Ceará, o centroavante certamente ganhou mais confiança da torcida, que sempre o questionava pelas atuações aquém do esperado e a falta de comprometimento na parte física, já que o atleta aparanteva sempre estar acima do peso, com os reflexos de tal fato fazendo a diferença em campo.

"Não só a torcida, mas todo mundo depositou em mim uma energia de ser "o cara do Vasco" quando eu subi pro profissional. Eu subi muito bem, metendo gols, mas infelizmente não consegui dar continuitade. Tive uma caída, também senti, fiquei muito triste mesmo e cheguei a pensar em sair do Vasco, mas a confiança que a diretoria me deu nesse ano me trouxe a alegria de jogar de novo. A gente é novo, comete alguns erros por causa da idade, mas já acabou isso, fiz o que tinha de fazer, agora é foco total no Vasco pra assumir essa vaga e dar alegria à torcida", disse Thalles em entrevista logo após a partida que garatiu o acesso dos cariocas à Série A.

Ainda há uma incógnita sobre a renovação de contrato do jogador. Há algumas semanas a diretoria vem se reunindo com o empresário do atleta para acertar os termos e agilizar a conclusão da extensão de seu vínculo com o clube, porém, com a tensão instalada após a incerteza do acesso, as negociações parecem ter esfriado e devem ser finalizadas apenas no mês de dezembro.

"Não tenho muito com o que me preocupar. Trocar (de clube) nesse momento não vale a pena. A tendência é ele ficar, mas não tem nada definido", disse o empresário de Thalles, enquanto o atleta disse: "Vamos ver. Pretendo ficar no Vasco, mas não depende só de mim. Depende do Vasco também. Estou bem tranquilo, vou curtir minhas férias. Se for da vontade do Vasco renovar, vou renovar, porque minha vontade é continuar".