Autor de gol, Guilherme elogia atuação dos garotos vascaínos: "Nós demos conta do recado"

Vitória do time carioca contou com três gols de atletas oriundos da base

Autor de gol, Guilherme elogia atuação dos garotos vascaínos: "Nós demos conta do recado"
Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória

Vitória e Vasco se enfrentaram nesta quarta-feira (12) no Barradão e a equipe carioca saiu vitoriosa, tendo aplicado uma goleada de 4 a 1 nos donos da casa, com gols de Kanu (contra), Thalles, Paulo Vítor e Guilherme Costa. Após o revés no clássico contra o Flamengo no último sábado, a equipe vascaína entrou em campo cheia de desfalques e o técnico Milton Mendes acabou apostando na base nos minutos finais, fato qual deu a vitória a sua equipe.

Guilherme foi um dos destaques da partida, tendo marcado o último gol da goleada e dado assistência para Thalles também marcar. O jovem meia recebeu muitas oportunidades quando Cristóvão Borges ainda era o treinador da equipe, mas com a chegada de Milton Mendes chegou a ficar fora dos relacionados em muitos jogos, mesmo com a torcida pedido maior aproveitamento do atleta.

Cria de São Januário, o meio-campista exaltou seus companheiros e ressaltou a importância dos garotos da base na partida: "Nós (da base) demos conta do recado. Acho que é isso. Quanto mais aproveitar a base é melhor para gente. Esperava muito uma chance. Sabia que tinha que dar o sangue, e foi isso que tentei fazer hoje".

Outro atleta que vem recebendo mais oportunidades após algum tempo é Thalles. Em sua última partida como titular, contra o Coritiba, o centroavante já havia marcado um gol, e contra o Vitória novamente deixou sua marca, sendo responsável pelo tento que pôs o Vasco novamente à frente no placar.

O jovem, que é bastante criticado pela sua forma física, fez questão de esclarecer boatos de que era flamenguista e havia feito sinais da torcida rival: "Um flamenguista postou em uma rede social que eu estava fazendo um sinal do Flamengo, uma coisa que não tem a ver porque eu sou Vasco desde criança". Thalles ainda mandou um abraço a uma torcida organizada vascaína e exaltou seu amor pelo clube.