Em jogo com portões fechados, Vasco e Santos ficam no empate sem gols

Punido por confusão no último jogo no São Januário, o Vasco teve que atuar no Nilton Santos e sem torcida

Em jogo com portões fechados, Vasco e Santos ficam no empate sem gols
Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Vasco
0 0
Santos
Vasco: MARTÍN SILVA, MADSON, PAULÃO, R.MARQUES E RAMON; JEAN, WELLINGTON (Bruno Paulista), WAGNER, NENÊ (Paulo Vitor) E PIKACHU (Guilherme Costa); THALES.
Santos: JOÃO PAULO; DANIEL GUEDES, LUCAS VERÍSSIMO, DAVID BRAZ E JEAN MOTA; DONIZETE (Alison), YURI E LUCAS LIMA; BRUNO HENRIQUE, KAYKE (Vecchio) E COPETE (Matheus Ribeiro).
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA 14ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO, DISPUTADA no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Cumprindo punição, o Vasco recebeu o Santos, na tarde deste domingo (16), no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Equipes fizeram um jogo morno, sem muitas chances de gols e ficaram no empate por 0 a 0. O Peixe ainda terminou o jogo com um a menos, Daniel Guedes foi expulso aos 38 minutos do segundo tempo.

Com o empate, o Vasco segue na oitava colocação, com 20 pontos, junto com o Atlético-MG. A equipe carioca volta a entrar em campo na próxima quarta-feira (19), no Morumbi, contra o São Paulo.

Já o Peixe com o empate, segue no G-4 para a Libertadores, o Santos vai ficando na terceira colocação. O Alvinegro volta a entrar em campo pelo Campeonato Brasileiro, na próxima quarta-feira (19), contra a Chapecoense, na Vila Belmiro.

Equipes não saem do zero na primeira etapa

O inicio da partida foi de muitos passes errados, e equipes não conseguindo criar nada. O Vasco teve sua primeira chance aos 15 minutos, com Rafael Marques. Pikachu cobrou escanteio curto para Nenê, que cruzou na cabeça de Rafael Marques. Mas o zagueiro cabeceou por cima do gol de João Paulo.

O Santos não conseguia criar nada na partida, sua primeira chance de gol foi aos 28 minutos. Lucas Lima fez um ótimo lançamento para Kayke, que invadiu a área e bateu cruzado, mas Paulão afastou. Aos 36, Pikachu cobrou falta com perigo, buscando o ângulo de João Paulo. A bola passou raspando o travessão.

Aos 45, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Bruno Henrique, que cabeceou por cima do gol, mas com perigo para o goleiro Martin Silva.

Vasco pressiona para abrir o placar mas não marca

O Vasco voltou para o segundo tempo tentando abrir o placar. Aos cinco minutos, Ramon tabelou com Nenê, foi à linha de fundo e cruzou bem. Thalles se antecipou e cabeceou firme. A bola passou ao lado do gol de João Paulo. Aos sete minutos, Gilberto cruzou da direita, Thalles cabeceou, novamente, e a bola sai pelo lado, sem perigo para o goleiro adversário.

Aos 15 minutos, Thalles arriscou de muito longe, e João Paulo espalmou para frente. A bola sobrou dentro da área para Madson, que chutou na rede pelo lado de fora. Aos 33, Nenê teve espaço e finalizou de longe. A bola foi com bastante força, e João Paulo teve que espalmar por cima.

Aos 38, o Santos ficou com um a menos. O lateral-esquerdo Daniel Guedes, fez falta em Guilherme e levou o segundo cartão amarelo. O Vasco tentou aproveitar que estava com um a mais para abrir o placar. Aos 41, Nenê recebeu na entrada da área, girou e chutou cruzado. João Paulo se esticou e fez mais uma boa defesa, em sua estreia em partida oficial pelo Santos.


Share on Facebook