Após segunda derrota seguida, Martín Silva tranquiliza: "Não há motivo para desespero''

Goleiro afirma que equipe não fez boa partida devido a falta de entrosamento, gerada pelas constantes mudanças no time titular

Após segunda derrota seguida, Martín Silva tranquiliza: "Não há motivo para desespero''
foto: Paulo Fernandes / Vasco.com.br

O Vasco da Gama saiu novamente derrotado do Raulino de Oliveira nesta quinta-feira (3), o vilão da vez foi o Cruzeiro, que aplicou um 3 a 0 na equipe carioca. O goleiro e atual capitão da equipe Martín Silva se manifestou muito lúcidamente ao final da partida pedindo calma, segundo ele o clube não vive um momento ruim.

''Atuação ruim, sabemos que falta muito, não podemos ser muito negativos, éramos muito desacreditados no início. Estamos mais perto da Libertadores do que do rebaixamento. Não vamos ser os melhores, mas não vamos ser os piores'', afirmou o goleiro.

Quem também enfrentou a imprensa ao final da partida foi o atacante Thalles, que garantiu que o time vai melhorar no decorrer da competição.

''Com certeza, ligar o alerta, estamos jogando bem, infelizmente, tá acontecendo as derrotas. Vamos reverter essa situação'', declarou o atacante.

O que é alarmante para o Gigante da Colina é a sua defesa, já são trinta gols sofridos em dezoito rodadas, atualmente é terceira defesa mais vazada do campeonato, ficando atrás de Atlético GO e Chapecoense apenas. O técnico Milton Mendes terá problemas ao escalar o time para a próxima partida, visto que faltam jogadores para o setor, com Rafael Marques suspenso; Paulão, Breno e Jomar lesionados, o único defensor a disposição seria Lucas Rocha.

O próximo compromisso do Almirante será fora de casa,contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli,no domingo (6), às 19 h.