Ex-companheiros, Milton Mendes e Rodrigo se desentendem após partida entre Vasco e Ponte Preta

Técnico do Vasco da Gama teria ido dar um abraço no defensor, que entendeu o afeto como deboche e partiu para agressões físicas

Ex-companheiros, Milton Mendes e Rodrigo se desentendem após partida entre Vasco e Ponte Preta
Foto: Divulgação / Vasco da Gama

O Vasco da Gama teve mais uma atuação ruim diante da Ponte Preta, e as duas equipes não conseguiram tirar o zero do placar. Porém, o que mais chamou a atenção de todos não foi a partida em si, mas sim um desentendimento ao final do jogo, entre Milton Mendes e o zagueiro Rodrigo, que já defendeu as cores do Gigante da Colina e atualmente veste a camisa da Macaca.

Isso teria acontecido pois o comandante vascaíno foi chamar seus jogadores no meio de campo para que eles fossem ao vestiário e tentou abraçar o zagueiro, que estava conversando com seus ex-companheiros e não teria gostado nada nada da atitude, julgando como deboche, visto que os dois não se davam bem na época de Vasco.

''Não sei o que foi. É o nível dele, né. Mostra o que ele é. Fui chamar meus jogadores e ele me empurrou. Deve ser dor de cotovelo porque não está no Vasco. Não falei nada demais para ele'', declarou Milton após a confusão.

O técnico do Almirante prestou queixa na delegacia contra Rodrigo, segundo a assessoria de imprensa do Vasco foi feito um exame de corpo e delito e constatou-se uma lesão no pé de Milton.

''Eu poderia deixar passar, sem tomar nenhum tipo de atitude. Mas acho que seria conivente com uma situação que não é boa'', disse o técnico, explicando o motivo de ter prestado a queixa.

Perguntado ainda sobre o que ele acha que seria feito a respeito dessa situação toda, Milton respondeu categoricamente: ''Isso será entregue ao advogado. O árbitro já sabe de tudo. Imagens mostram tudo''.

Em uma rede social, o zagueiro da Macaca postou um vídeo explicando a sua versão dos fatos: "Eu estava conversando com os meninos (que vieram da base do Vasco), dando parabéns porque estavam jogando e ele (Milton) me pegou de surpresa, porque foi ele que pediu a minha saída do Vasco. Já deixei claro em todas as entrevistas que dei que não gosto dele, não é meu amigo."

"Quando ele me abraçou, eu dei um empurrão nele para que ele tirasse a mão de mim. Depois que eu empurrei, ele começou a me xingar verbalmente e eu continuei o empurrando para que ele saísse de perto de mim."  - completou Rodrigo.

Buscando recuperar o caminho da vitória e dos gols o cruzmaltino volta a campo somente no próximo domingo (13), para enfrentar o Palmeiras, às 16h, em jogo valido pela 20ª rodada, a primeira do segundo turno, do Campeonato Brasileiro.


Share on Facebook