Zé Ricardo lamenta má atuação do Vasco e define equipe como 'irreconhecível'

Treinador criticou atuação diante do Atlético-PR, mas garantiu que o elenco continuará lutando enquanto houver chance de Libertadores

Zé Ricardo lamenta má atuação do Vasco e define equipe como 'irreconhecível'
Foto: Divulgação /Vasco da Gama

Após emplacar uma série de 11 partidas sem derrota, o Vasco da Gama foi superado pelo Atlético-PR, por 3 a 1, na noite desse domingo (19), em Curitiba, em um jogo onde o cruzmaltino esteve bem abaixo do mínimo aceitável pela crítica, tanto dos fãs, quanto da própria comissão técnica. O técnico Zé Ricardo avaliou o resultado como justo, taxando a atuação de sua equipe como “irreconhecível”.

“Foi talvez o jogo em que tivemos mais erros individuais. Estivemos abaixo. Fica difícil conseguirmos dar ritmo no jogo assim. Tivemos outras chances para melhorar na tabela, e eu sempre pedi para que não se preocupassem com os outros resultados. Agora é levantar o moral e seguir em frente, enquanto tivermos qualquer porcentagem de chance”, analisou o treinador, em entrevista coletiva.

Questionado sobre o momento do clube, com tantos atletas no Departamento Médico, Zé foi contido e afirmou que mesmo com tantos nomes fora de combate, o elenco é grande e tais ausências não podem servir de desculpa em nenhuma hipótese. Mas ele aproveitou para lamentar o não retorno de Anderson Martins na partida contra o Furacão.

As equipes passam por estes problemas médicos. Kelvin, Ramon, Luís Fabiano, Escudeiro, Marcelo Mattos..., mas não serve de desculpa. A molecada vem dando conta do recado. Acreditávamos que o Anderson poderia estar conosco já neste jogo. Ainda não se sabe se ele vai retornar pro próximo. Primeiro precisamos descansar a equipe. Estamos em final de competição e a maioria das equipes está com desgaste físico. É natural. Vamos avaliar e montar a estratégia para voltar de BH com um bom resultado”.

O Vasco retorna ao Rio na manhã desta segunda-feira (20), tendo os atletas o restante do dia de folga. A reapresentação do elenco ocorre na terça, quando já se inicia a preparação para o duelo da penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, diante do Cruzeiro, no próximo domingo (26), no Mineirão.

Com a derrota, o Gigante da Colina caiu para a nona colocação na tabela de classificação, mas ainda segue de perto os últimos clubes a compor o atual G-7, portanto, ainda, postulando uma vaga na próxima Copa Libertadores