Paulinho preza por vaga na Libertadores: “Vamos entrar com a faca entre os dentes”

Jovem promessa da Colina reforçou vontade por vitória, por vaga na Libertadores e comemorou o bom ano e o amadurecimento como jogador

Paulinho preza por vaga na Libertadores: “Vamos entrar com a faca entre os dentes”
(Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

O atletas do Vasco treinaram nesta manhã em São Januário. O atacante Paulinho, jovem promessa do cruz-maltino, concedeu coletiva no início da tarde desta quarta-feira (22). 

O jovem atleta começou falando sobre o principal objetivo, que é a Libertadores, e ressaltou que apesar de tudo o Vasco sempre pensa em títulos e que o presidente quer isso. O menino ainda falou sobre a possível ajuda do Cruzeiro ao Atlético

“Até pode facilitar (Cruzeiro prejudicar o Atlético-MG), mas não é o que pensamos. Temos que pensar em fazer nosso jogo sem nos preocuparmos com isso. Independente do que o Vasco vem passando nos últimos anos, nosso objetivo sempre foi título e Libertadores. No começo tivemos uma reação dentro de casa, conseguimos os resultados. Agora no segundo turno, com novo treinador, estamos lutando. Vamos entrar com a faca entre os dentes nestes dois últimos jogos. O presidente também disse que nosso objetivo é Libertadores”, comentou. 

Em relação ao time do Cruzeiro e de Mano Menezes, o jovem elogiou a equipe celeste que sempre briga em cima e afirmou que tem que pôr os treinos em prática para atingir a meta: “Sabemos que o time do Cruzeiro sempre briga nas cabeças, sabemos da importância para nós. Temos que colocar em prática o que nós treinamos para chegarmos na nossa meta”, disse.  

Paulinho relembrou o último jogo, falou sobre a má atuação diante do Atlético-PR, mas afirmou que só se pensa na vitória: “Vitória. Pensar só na vitória. Na última rodada acho que foi nosso pior jogo, mas temos que continuar firme e matar esse próximo jogo”, afirmou. 

O jovem também falou sobre as chances de gol que vem tendo mas não consegue concluir com sucesso. O menino ressaltou a importância do mundial sub-17 e do apoio de Zé Ricardo também. 

“Tudo questão de treino. O professor tem me apoiado. Uma hora vai sair. Nestes dois últimos dois jogos o gol vai sair. Acho que sou mais maduro hoje. No Mundial (sub-17) na Índia eu amadureci muito, fiquei bastante feliz com meu desempenho. Na volta já ganhei apoio, conquistei espaço com o Zé Ricardo para me firmar”, afirmou. 

Por fim, Paulinho comemorou o importante ano que vem fazendo, com passagens na seleção sub-17 e também com espaço garantido e boas atuações com a camisa do Gigante da Colina

“É um dos melhores anos da minha carreira. Comecei a temporada atuando no sub-17, fui para a Seleção Brasileira disputar o Sul-Americano e retornei já para jogar no sub-20. Logo em seguida, graças a Deus, acabei sendo promovido ao profissional. Hoje eu sou um jogador mais maduro. Fico feliz com o momento que estou vivendo. A minha meta é continuar evoluindo para chegar nos próximos anos e conquistar ainda mais espaço”, comemorou a revelação.