Vasco vence Ponte Preta e garante classificação para Libertadores da América

Time cruzmaltino marca com atletas da base no São Januário e termina na sétima colocação; Já rebaixada, Ponte só se despediu da Série A

Vasco vence Ponte Preta e garante classificação para Libertadores da América
Vasco vence Ponte Preta e garante vaga na Libertadores. (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)
Vasco
2 1
Ponte Preta
Vasco: Martín Silva; Madson (Eder Luís), Paulão, Anderson Martins e Gilberto; Wellington, Evander (Jean), Yago Pikachu e Nenê (Mateus Vital); Paulinho e Andrés Ríos. Téc: Zé Ricardo
Ponte Preta: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Luan Peres e Jeferson; Wendel (Naldo), Elton, Léo Artur (Felipe Saraiva) e Danilo Barcelos (Claudinho); Lucca e Léo Gamalho. Téc: Eduardo Baptista
Placar: 1x0 - Paulinho (27'min - 1º tempo) 2x0 - Matheus Vital - (28'min - 2º tempo) 2x1 - Lucca (43'min - 2º tempo)
ÁRBITRO: Rafael Traci (PR) apitou a partida, auxiliado por Ivan Carlos Bohn (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)
INCIDENCIAS: 38ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A de 2017; A partida foi realizada ás 17h (Horário de Brasília), no estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco fez a lição de casa na última rodada do Campeonato Brasileiro e garantiu a vaga para a Libertadores da América. O time cruzmaltino derrotou a Ponte Preta por 2 a 1, com gols de Paulinho e Mateus Vital, e ficou com a vaga na Pré-Libertadores, juntamente com a Chapecoense. A Ponte Preta, já rebaixada para a Série B, marcou com Lucca.

Com o resultado, o Vasco termina o Brasileirão na sétima colocação com 56 pontos e não depende mais do rival Flamengo para vencer a Sul-Americana e abrir uma vaga para o 9º colocado. A equipe comandada pelo técnico Zé Ricardo comemorou muito a classificação para a Libertadores da América.

A Ponte Preta, rebaixada na penúltima rodada após perder para o Vitória em casa, fez apenas uma despedida da elite do futebol brasileiro no jogo em São Januário. A Macaca termina na 19ª colocação com 39 pontos ganhos e se prepara para disputar a Série B em 2018.

Vasco pula na frente e domina o primeiro tempo

Quem precisava do resultado e ainda brigava por algo era o Vasco, e com isso, o time carioca dominava a posse de bola e partia com mais eficiência para o ataque, porém, a primeira chance foi da Ponte Preta. Léo Gamalho ajeitou para Léo Arthur finalizar na entrada da área, mas mandando por cima do gol.

Teve lance até doído, quando Evander acertou a bola no rosto de Wendel, que ficou caído no campo e precisou de atendimento. A melhor chance do Vasco veio quando Nenê tabelou com Evander e na hora da finalização, acabou mandando pra fora.

Após isso, foi a vez de Nenê dar o passe para Paulinho, que perto do gol, chutou cruzado em cima do goleiro Aranha. Não demorou muito para que Paulinho aparecesse no jogo de novo, mas dessa vez com cruzamento de Yago Pikachu, na cabeça do atacante, que mandou para a rede: 1x0.

A Ponte Preta não se encontrava no jogo e o Vasco seguiu em busca do segundo gol. Jeferson tentou impedir Madson dentro da área e acabou derrubando o jogador, dando penalidade para os vascaínos. Nenê teve sua chance de marcar, mas acabou errando o pênalti chutando na trave do goleiro Aranha.

Vital marca e garante classificação vascaína no São Januário

O Vasco não se acomodou e seguiu na pressão em busca da vitória. Evander era um dos mais acionados em campo e estava dando trabalho para o goleiro Aranha, que em cinco minutos já havia feito duas defesas difíceis. A Ponte tentava com cruzamentos, mas sem perigo para Martín Silva.

Não demorou muito para a equipe vascaína praticamente liquidar o jogo. Wellington cruzou rasteiro para a área e Evander finalizou em cima do goleiro Aranha, mas Matheus Vital estava no rebote e depois de vencer a briga com o zagueiro, mandou para o gol: 2x0.

O gol empolgou a torcida cruzmaltina que quase viu um golaço de Pikachu com um chute de fora da área, mas a bola foi pra fora. A partida ia se caminhando para o fim e o Vasco seguia controlando a partida.

Nos minutos finais, Saraiva foi derrubado na área por Jean e ainda conseguiu um pênalti para a Ponte Preta. O artilheiro Lucca bateu e converteu: 2x1. Mas nada que impedisse a comemoração da vitória vascaína ao final da partida no São Januário.