Copinha VAVEL: o que esperar do Vasco na Copa São Paulo de 2018

Três atletas profissionais devem integrar o elenco que disputará a competição

Copinha VAVEL: o que esperar do Vasco na Copa São Paulo de 2018
Paulo Vitor deve ser um dos atletas do profissionais que disputará a copinha. (foto: Paulo Fernandes/ Vasco,com,br)

O Vasco da Gama está confiante na conquista da Copa São Paulo. Com plantel cheio de jovens promessas o Almirante integrará o grupo 26 ao lado de Juventus-SP, Água Santa e Espírito Santo. O jogo de estreia da equipe carioca será no Estádio Municipal José Batista Pereira Fernandes, em Diadema (SP), na terça-feira (2), às 16h, contra a Juventus-SP.

A expectativa do Gigante da Colina para a Copinha é alta, visto que o Vasco é o atual campeão carioca sub-20 e a equipe também foi semifinalista da Copa do Brasil, eliminado de forma dramática para o Atlético-MG, também na mesma categoria. Vale ressaltar que alguns atletas do sub-17 devem completar o plantel para a competição.

Três atletas que são destaques nesta disputa da Copinha foram titulares na espetacular conquista do estadual e devem subir esse ano para a categoria profissional, são eles: Dudu (Meia), Robinho (atacante) e o Rafael França, que é volante de origem mas acabou se descobrindo jogando na lateral-direita na reta final do carioca sub-20 para suprir uma carência do time.

foto: Divulgação/ Vasco da Gama

Marcus Alexandre, técnico da equipe sub-20 que comandará o time dentro da Copa São Paulo, já se manifestou sobre a possível descida de jogadores do profissional e a expectativa do Vasco na competição.

''Os meninos foram inscritos, mas nós não temos a confirmação de que vão atuar. Seria muito importante a presença deles, porque a equipe ganha uma experiência muito grande. O Paulo Vitor foi artilheiro da Copa do Brasil e do Carioca (ambos da categoria sub-20, o Andrey vai dar uma experiência muito grande e segurança ao meio campo, o Alan também por toda sua capacidade técnica e liderança no grupo. Além disso, a gente ajudaria esses três meninos a terem ritmo de jogo e de competição, porque tenho certeza que eles vão ser aproveitados no carioca'', comentou o treinador.

''Nossa preparação tem sido muito boa. A gente vem traçando objetivos dentro dela, e desde o início vem atingindo eles passo a passo. Para a estreia no dia 2, ainda tem alguns aspectos que o time precisa evoluir, mas tenho certeza que vamos conseguir. Esse time é muito ofensivo, essa vai ser a principal característica. A gente vem exigindo muita movimentação, triangulação e finalizações. Principalmente finalizações, que deixamos a desejar na OPG e sabemos que lá na copinha um dos critérios de desempate é o saldo de gols. Isso mostra a importância de estar fazendo gols dentro da partida. Então, estamos cobrando muito isso dos atletas e já está tendo evolução nesse fundamento'', Completou Marcus Alexandre.

A última participação do Gigante da Colina na copinha foi no início deste ano. Uma campanha imemorável, onde a equipe foi eliminada por 1 a 0, para o São Carlos, ainda na terceira fase da competição. Já recuperado do ''vexame'', o Cruzmaltino promete brigar pelo título no ano de 2018.