Acordo entre Vasco e Diadora prevê multa rescisória decrescente

Parceria entre o clube e a tradicional marca italiana foi concretizado nessa segunda-feira e possui algumas peculiaridades importantes

Acordo entre Vasco e Diadora prevê multa rescisória decrescente
Fotomontagem: VAVEL.com

Longe do mercado brasileiro nos últimos anos a Diadora foi confirmada no Vasco nesta segunda-feira (8). O Gigante da Colina assinou com a marca italiana por três anos e algumas novidades podem ser encontradas no contrato entre as partes como uma "facilidade" para rescisão contratual, em relação ao contrato anterior com a Umbro.

Apesar do valor recebido ser menor do que o acordado com a Umbro (que girava em torno do R$8 milhões), o contrato com a Diadora terá uma particularidade: a multa rescisória decrescente a partir do segundo ano, algo que não acontecia no acordo entre Vasco e Umbro, antiga parceira do clube.

A multa é importante por diversos fatores. O primeiro deles é a instabilidade política que vive o Vasco com a não definição do presidente e da diretoria que comandará o clube nos próximos anos. Com essa multa seria possível uma rescisão menos danosa ao clube em 2019, caso haja discordância de uma eventual nova diretoria com o contrato assinado por Eurico Miranda.

O segundo fator é a concorrência no mercado. Por se tratar de um grande clube brasileiro a briga pelo fornecimento de material esportivo pode vir a acontecer e com isso, com uma proposta mais rentável ao Vasco, seria mais fácil trocar o patrocinador e obter um contrato mais vantajoso ao clube. 

O Vasco pretende já estar trajando os novos uniformes na estreia do Campeonato Carioca contra o Bangu. O contrato firmado com a marca italiana prevê um maior rendimento ao cruzmaltino conforme forem sendo vendidos os utensílios futebolísticos o que certamente foi um dos fatores fortes a ser considerado pela direção.

Além disso, o clube deixou claro na nota oficial publicada no seu site que a agilidade e a qualidade na distribuição do material esportivo feito pela Dilly Sports, representante da Diadora no Brasil, foi um dos principais fatores a considerar a marca para o cargo o que levou o clube a rejeitar outras ofertas até mesmo da Umbro. 

Uniformes da Umbro agradaram os torcedores do Vasco (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Com ou sem Diadora o Vasco estreia no Campeonato Carioca no dia 18 quando recebe em São Januário a equipe do Bangu. A partida será disputada às 19h30 e marca o início da temporada cruzmaltina que tem, além das competições tradicionais, a disputa da Copa Libertadores da América.