Eurico desmente boatos e afirma: "O presidente do Vasco ainda não morreu, estou aqui"

Presidente cruzmaltino criticou as informações falsas espalhadas na internet e não perdoou o adversário político Julio Brant

Eurico desmente boatos e afirma: "O presidente do Vasco ainda não morreu, estou aqui"
Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O presidente do Vasco Eurico Miranda concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira (12) em São Januário. Eurico comentou sobre os boatos que inundaram as redes sociais na última quinta-feira, alfinetou o candidato da oposição Julio Brant e comentou sobre as vendas feitas pelo clube nos últimos dias.

Logo de cara a entrevista foi iniciada com ataques de Eurico: "Vocês agora vão falar com o presidente do Vasco. Antes, falaram com um irresponsável. Tem que separar as coisas. Não gostaria de estar aqui, mas esse irresponsável, leviano... e mais outras coisas. Se pensa que me atingiu? Não. Está denegrindo o Vasco. Lamento", comentou. 

Na última quinta-feira um fato rondou as redes sociais. Áudios relatando um suposto roubo em São Januário e a retirada de diversos equipamentos do clube. O presidente negou. "O material do Caprres foi levado para o CT para que pudesse ser utilizado na preparação do time. Os jogadores não voltam para cá. Estamos fazendo a queixa-crime. Tem que prender quem faz isso indevidamente (acusações). O material está todo lá."

Foto: Paulo Fernandes/Vasco

"Até material da Fila, que nunca esteve aqui, estava na foto. Depois vamos divulgar um vídeo mostrando todos os departamentos, com todos os equipamentos. A postura desse fake news é inadmissível. Como que ele [Julio Brant] é o presidente do Vasco? Ele não é.", exclamou Eurico.

Quando questionado sobre as transações que fez, o presidente cruzmaltino deixou bem claro ao responder: "Tudo que está sendo feito no Vasco é com responsabilidade. Disse que tentou transição. Transição de que? Com esse fake news? Não há como fazer nada com um cidadão desse.", afirmou mais uma vez o presidente, alfinetando Julio Brant.

Ainda sobre o assunto negociações, Eurico comentou sobre um possível negócio com Paulinho, principal promessa da base do clube. "Paulinho? Se tiver uma proposta vantajosa para o Vasco. Ninguém é prioridade. Se eu tivesse a proposta vantajosa, tudo bem. Quero é cumprir com a folha de pagamento. Infelizmente não conseguimos. Até julho estava em dia, mas por essas coisas não conseguimos."

Com Eurico ou não na presidência o Vasco estreia no Campeonato Carioca no dia 18 de janeiro quando encara o Bangu, às 19h30, em São Januário.