Com portões abertos, Vasco enfrenta Cabofriense em Bacaxá

Cruz-maltino enfrenta o Tricolor Praiano nesta quarta (24) em Bacaxá às 17h (Brasília) abrindo a rodada do Campeonato Carioca

Com portões abertos, Vasco enfrenta Cabofriense em Bacaxá
Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Vasco e Cabofriense duelam em partida válida pela terceira rodada da Taça Guanabara, o Vasco está em busca a uma vaga na semifinal, é o terceiro colocado do Grupo B com 3 pontos da vitória sobre o Nova Iguaçu, Flamengo e Bangu estão à frente. Já a equipe de Cabo Frio é a quarta colocada do grupo com apenas 1 ponto ganho. 

importantes até o dia 31

O Gigante deve vir com algumas alterações, Paulinho que sente dores por conta de uma entorse no tornozelo na estréia diante do Bangu, deve se poupado. Até para a preparação visando o jogo na Pré Libertadores dia 31. 

Precauções 

“Provavelmente vamos poupar sim. Alguns atletas apresentaram desgaste físico após esses dois jogos, o que é natural. Temos que nos preocupar com possíveis problemas musculares. Devemos fazer algumas mudanças para jogar em Bacaxá nesta quarta-feira." Disse Zé, em entrevista coletiva.

Zé também admitiu irregularidade do time neste início de temporada e mostrou preocupação com os quatro gols tomados em dois jogos da Taça Guanabara contra equipes menores.

O Vasco também conta com o retorno de Nenê que cumpriu suspensão na última partida diante do Nova Iguaçu. 

Arbitragem

O árbitro dessa partida será Rodrigo Nunes de Sá auxiliado por Rachel de Mattos Bento e Fabiana Nóbrega Pitta, assistentes 1 e 2 respectivamente. 
 

Histórico favorável 
 

O Vasco perdeu apenas quatro partidas para a Cabofriense em 22 disputadas, três delas aconteceram em sequência, de 2005 à 2007. A maior goleada é do cruz-maltino, em 1990 o Vasco goleou por 7 a 0. 
 

Márcio Mercante/O Dia/Agência Estado