Zé Ricardo lamenta derrota do Vasco sobre Cabofriense: "Saímos chateados"

Ressaltando o planejamento inicial do clube, técnico comentou sobre a atuação do time e projetou o futuro do Vasco nos próximos jogos

Zé Ricardo lamenta derrota do Vasco sobre Cabofriense: "Saímos chateados"
Fonte: Paulo Fernandes/ Vasco.com.br

Na tarde desta quarta (24), o Vasco visitou a Cabofriense em Bacaxá, e saiu derrotado por 2x1, em partida válida pela terceira rodada da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. Na coletiva pós-partida, Zé Ricardo, treinador do Gigante da Colina,  lamentou o resultado negativo: "Algumas trocas não surtiram efeito."

Optando por escalar um time misto, afim de preservar e dar uma rodagem no elenco, o comandante cruzmaltino avaliou o desempenho individual e coletivo do time. "Gostei da estreia do Rildo. O Nenê a princípio não viria para esse jogo. Mas, como foi expulso na primeira rodada, trouxemos para ele se condicionar o máximo possível para a sequência. Os dois zagueiros tiveram um comportamento bom ali, o Andrey também aproveitou bem a oportunidade. Saímos chateados pelo jeito que foi, um gol ali no finalzinho. Agora é passar o que precisa ser passado e rapidamente recuperar para o clássico de sábado. Será uma partida importante. Se ainda pensamos em algo na Taça Guanabara, precisamos vencer essa partida. Mas, principalmente, estar inteiros na próxima quarta-feira, jogando de maneira excelente", disse.

Sobre a derrota, o técnico analisou algumas trocas feitas e o desgaste físico: "Durante boa parte do jogo, tivemos a oportunidade de vencer a partida. No final houve um desgaste grande, algumas trocas acabaram não surtindo efeito e acabamos sendo penalizados com um gol", falou.

Perguntado sobre qual time usará no próximo jogo, contra o Flamengo, Zé Ricardo concluiu: "Para o clássico vamos ver quem está em melhor condição, principalmente dando ritmo para o atletas que chegaram. A princípio vamos colocar em campo o que temos de melhor, desde que não prejudique ninguém. Vamos estudar um pouquinho melhor como foram os jogos passados, ainda temos dois treinos até lá. Sabíamos que a Taça Guanabara era difícil pra gente, por tudo que se desenhou e pelo objetivo maior que é entrar na Libertadores no nosso melhor nível", afirmou. 

No próximo sábado, o Vasco enfrenta o Flamengo no Maracanã às 17h, jogo válido pela 4ª rodada da Taça Guanabara. Na próxima quarta, o Gigante da Colina terá o seu maior desafio neste mês: o jogo de ida contra o Universidad Concepción, no Chile, estreando na Copa Libertadores da América