Vitória busca afastar início irregular contra vice-líder Internacional

Baianos tentam sair da parte de baixo da tabela de classificação; enquanto gaúchos visam a recuperação da liderança, tomada pelo Corinthians na noite do sábado (04)

Vitória busca afastar início irregular contra vice-líder Internacional
(Foto: Felipe Oliveira/EC Vitória)
Vitória
Internacional
Vitória: Fernando Miguel; Norberto, Victor Ramos, Ramon e Euller; Amaral, Willian Farias e Leandro Domingues; Marinho, Vander e Kieza. Técnico: Vágner Mancini.
Internacional: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Anselmo, Andrigo e Gustavo Ferrareis; Eduardo Sasha e Vitinho. Técnico: Argel Fucks.
ÁRBITRO: Thiago Duarte Peixoto (Aspirante FIFA/SP), auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (FIFA/SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)
INCIDENCIAS: Partida a ser realizada no Estádio Barradão, em Salvador/BA, às 16 horas deste domingo (05). Jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2016.

A intensa rotina de jogos e o pouco tempo de descanso para os jogadores entre as partidas continua e o Campeonato Brasileiro da Série A segue com partidas em praticamente todos os dias. Neste domingo (05), no andamento da sexta rodada da competição nacional, Vitória e Internacional medem forças no Estádio Manoel Barradas, o Barradão, em Salvador/BA, às 16 horas.

De um lado, o Leão da Barra tenta pontuar para deixar a parte de baixo da tabela de classificação. Do outro, o invicto colorado segue na busca pelo topo. Um empate serve para recuperar a primeira colocação, tomada pelo Corinthians na noite deste sábado (04).

Um longo jejum está em jogo. O Internacional não vence o Vitória em Salvador há 13 anos, em 26 de abril de 2003, quando triunfou por 3 a 0, com gols de Nilmar (duas vezes) e Flávio. No último confronto entre os clubes, os baianos levaram a melhor e ganharam por 2 a 0.

Vencer em dia especial para Vágner Mancini

Há um ano, Vágner Mancini era anunciado como treinador do Vitória. Era o início da terceira passagem do comandante pelo rubro-negro. Nesse período, a arrancada que firmou a equipe na briga pelo acesso – e a confirmação da vaga no fim do ano – e a conquista do Campeonato Baiano 2016. Agora a meta principal da temporada precisa ser mantida e um bom resultado positivo construído neste domingo pode acabar com a irregularidade que incomoda o grupo.

O último treinamento foi realizado de forma leve, uma vez que os baianos entraram em campo na noite do último domingo, quando perderam para o Flamengo no interior do Rio de Janeiro. A atividade realizada no Barradão se concentrou em um trabalho tático e de bola parada, além de treinos em dois toques.

Existem novidades na lista de relacionados. O atacante Marinho se recuperou de lesão e volta a ser escalado no ataque. O meia Tiago Real e o zagueiro Guilherme Mattis estão em fase de transição e podem voltar a disputar jogos oficiais em breve. Suspenso, Diego Renan não joga e Euller será o substituto.

Com inúmeros desfalques, Inter busca manutenção da liderança

O momento de avaliar os erros e corrigi-los praticamente não existe. Com um jogo atrás do outro, viagens e deslocamentos, a conversa é fundamental para orientar os atletas nos pontos em que é necessário melhorar. No Internacional, apenas uma simples movimentação foi realizada no fim de semana, no Centro de Treinamento do Bahia.

O técnico Argel Fucks deve manter a estrutura da equipe, com dois volantes e dois meias (Gustavo Ferrareis e Andrigo). O comandante colorado comandou trabalho tático e depois orientou exercício de bola aérea. Os desfalques do time gaúcho são Fabinho, Anderson, Marquinhos, Rodrigo Dourado, Valdívia e Raphinha. Fabinho viajou com a delegação para a capital da Bahia, mas sentiu durante o treino final e dificilmente entra em campo.

O zagueiro e capitão Paulão falou sobre o jogo e ressaltou a importância de conquistar pontos importantes fora de casa para manter as pretensões da equipe. “É um fator importante jogar fora de casa. Estamos conseguindo nos manter. Coisa que no ano passado foi difícil no início do campeonato. Estamos tendo essa regularidade. O mais importante é conseguir fazer o dever de casa. Se conseguir pontuar é importante. Estamos conseguindo fazer bons jogos. Espero que fiquemos na liderança e consigamos manter nosso papel. É um jogo difícil”, afirmou o defensor.