Vander comenta que Mancini pede mais compactação ao Vitória para time voltar a vencer

Atacante afirma que comandante baiano tem que mudar de postura; Leão inicia preparação para visitar o Figueirense sábado (30); Dagoberto, Amaral e Guilherme Mattis não participaram do treino

Vander comenta que Mancini pede mais compactação ao Vitória para time voltar a vencer
Mancini conversa com os jogadores antes do início do treinamento (Foto: Divulgação/Vitória)

O Vitória iniciou na manhã desta terça-feira (26) a preparação para o próximo desafio no Brasileirão. O Leão encara o Figueirense nesse sábado (30), às 18h30, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

Com entuito de corrigir os erros do time da última partida na derrota em casa para o Santos por 3 a 2, o técnico Vágner Mancini conversou com o grupo antes de iniciar as atividades. Depois da teoria, ele focou o treinamento no posicionamento dos jogadores no ataque e na defesa.

"O professor procurou corrigir mais o que a gente falhando. Nesses últimos jogos a gente perdeu um pouco da compactação. Creio que ele deve falar mais do Figueirense a partir de amanhã (quarta)", contou o atacante Vander durante a coletiva na Toca do Leão.

Segundo Vander, o comandante rubro-negro não está gostando da compactação da equipe durante esses últimos jogos. "Ele sempre pede para as linhas jogarem mais juntas. Então, não adianta a defesa jogar com a linha alta e a gente (setor ofensivo) não descer pra marcar e vice-versa. Tem que procurar agrupar. Normalmente, o Vitória é uma equipe que sempre teve isso como uma característica e nesses últimos jogos a gente vem falhando nisso", explicou.

Apesar do jejum de quase um mês sem vencer, a última foi no último dia 29 contra o Sport por 3 a 2 no Barradão, Vander acredita que o rubro-negro tem condições de acabar com essa seca contra o Figueira.   

"Na verdade não tem nenhum segredo. O Vitória tem plenas condições de ir para Florianópolis e buscar a vitória, porque vem demonstrando isso nos jogos fora de casa. Vem dando trabalho, apesar de uma vitória fora de casa. E sábado é uma oportunidade de reconquistar os três pontos que a gente acabou perdendo no domingo, na minha opinião de fora injusta. Mas futebol é isso e sábado temos mais uma batalha e temos tudo para sairmos com a vitória", afirmou.

Após a atividade tática, os atletas treinaram finalização. O atacante Dagoberto, o volante Amaral e o zagueiro Guilherme Mattis não participaram da atividade. Dagoberto foi poupado e fez um trabalho regenerativo na banheira. Resfriado, Amaral foi liberado para repousa em casa. Já Guilherme segue no departamento médico tratando de uma lesão muscular.

A equipe volta a treinar na manhã desta quarta-feira (27) na Toca do Leão. O Vitória ocupa a 13ª posição com 19 pontos.