Com boa atuação do atacante Tréllez, Vitória bate Ponte Preta e volta a vencer após seis jogos

Apesar do resultado, o rubro-negro baiano ainda está no Z4 com 16 pontos

Com boa atuação do atacante Tréllez, Vitória bate Ponte Preta e volta a vencer após seis jogos
Atacante Tréllez foi o destaque do rubro-negro baiano marcando dois gols e dando uma assistência (Foto: Mauricia da Matta)
Vitória
3 1
Ponte Preta
Vitória: Caique; Caique Sá, Wallace, Kanu e Juninho; Ramon, U. Correia e Yago; David, Neilton (André Lima, aos 28'/2ºT) e Tréllez (Danilinho, aos 36'/2ºT)
Ponte Preta: Aranha; Jeferson (Nilo Paraíba, aos 37'/2ºT), Marllon, Rodrigo e Danilo; Naldo, Jadson (Renato Cajá, aos 25'/2ºT) e Elton; Maranhão (Felipe Saraiva, aos 16'/2ºT), Lucca e E. Sheik
Placar: Tréllez, 1'/1ºT - (1-0); Neilton, 12'/1ºT (2-0); Tréllez, 35'/1ºT (3-0) e Elton, 3'/2ºT (3-1)
ÁRBITRO: Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO) Auxiliares: Leone Carvalho Rocha (GO) e Marcio Soares Maciel (GO)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 18ª rodada do Brasileirão 2017, disputada no Estádio Barradão, em Salvador/BA

Nesta quarta-feira (2), o Vitória recebeu a Ponte Preta pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro e voltou a vencer em casa depois de seis jogos. Uma curiosidade antes da bola rolar foi que os funcionários do clube baiano jogaram sal grosso entre as traves do Barradão para espantar a má fase, e pelo jeito, a superstição deu resultado.

O time da casa fez 3 a 1 na equipe de Campinas com dois gols de Tréllez e um de Neílton, Elton descontou para a Ponte. Com os três pontos conquistados, o Vitória continua na 19ª posição, agora com 16 pontos, já a Ponte Preta se manteve com 21 pontos e agora ocupa a 13ª posição.

As duas equipes fecham o primeiro turno do Brasileirão no próximo domingo. O Vitória enfrenta o Flamengo, fora de casa, às 11 horas. Já a Ponte Preta recebe o Vasco, às 19 horas, no Moisés Lucarelli.

Vitória começa atropelando a Ponte

Jogando em casa, o Vitória partiu para o ataque disposto a espantar a má fase e a sequência de seis partidas sem vencer no Barradão. Com 1 minuto de jogo, Neílton cobrou escanteio e o colombiano Tréllez desviou sem chance para o goleiro Aranha, fazendo 1 a 0 para o Vitória.

A Ponte estava acuada e só teve chance de assustar o goleiro Caíque aos 9 minutos, depois de belo chute de Rodrigo, que obrigou o goleiro baiano a fazer ótima defesa.

3 minutos depois, Neílton apareceu de novo, dessa vez ele não deu passe, mas aproveitou um vacilo da zaga pontepretana e deslocou Aranha, fazendo 2 a 0 para o time da casa e empolgando a torcida do Vitória.

Antes do intervalo, o atacante colombiano apareceu mais uma vez e marcou seu segundo gol. Aos 35 minutos, David aproveitou um passe errado e lançou Tréllez que bateu forte sem chances para o goleiro da Ponte, fazendo 3 a 0 ainda no primeiro tempo.

Ponte pressiona e marca golaço

Com uma boa vantagem no placar, o Vitória começou com um ritmo mais lento, enquanto a Ponte buscava diminuir essa vantagem. E a pressão da equipe campineira deu resultado, aos 3 minutos, Elton roubou a bola na intermediária e acertou belo chute, sem chance para o goleiro Caíque, fazendo 3 a 1.

Depois do gol, o Vitória se desencontrou em campo e começou a correr mais riscos. O time da casa errava muitos passes e via o time de Gilson Kleina crescer em campo e criar chances de fazer o segundo gol.

Aos 18 minutos, Lucca deu belo passe para Danilo Barcelos, que parou nos pés do goleiro do time baiano, que salvou o segundo gol. Enquanto o time visitante buscava colocar a bola no chão, o time da casa apostava nos chutões e não criava boas chances.

A primeira chance do Vitória no segundo tempo foi aos 31 minutos, quando Tréllez desviou e André Lima apareceu em cima da linha para empurrar para o gol, mas o goleiro Aranha fez um milagre e evitou o quarto gol do rubro-negro baiano.  

No final da partida, o ritmo das duas equipes caiu e o time baiano teve mais uma chance, aos 40 minutos, André Lima recebeu belo passe de David e bateu forte, mas a bola foi para fora. 


Share on Facebook