Vitória vira sobre Botafogo com gol nos acréscimos e ganha fôlego na luta contra rebaixamento

Em jogo de duas viradas, André Lima e Danilinho saem do banco para virar  ao Rubro-Negro; Botafogo marca passo diante da torcida

Vitória vira sobre Botafogo com gol nos acréscimos e ganha fôlego na luta contra rebaixamento
Foto: Divulgação/EC Vitória
Botafogo
2 3
Vitória
Botafogo: Gatito; Luis Ricardo, Joel Carli (Marcelo), Igor Rabello e Victor Luiz (Gilson); Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Marcos Vinícius (Valencia); Rodrigo Pimpão e Brenner
Vitória: Caíque; Patric, Ramon, Wallace e Gefferson (Danilinho); Fillipe Soutto, Uillian Correia (André Lima) e Yago; Neilton, Tréllez e David (Cleiton Xavier)
Placar: 0-1, David. 1-1, Brenner. 2-1, Brenner. 2-2, André Lima. 2-3, Danilinho
INCIDENCIAS: Partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro

Na tarde deste domingo (1°), o Botafogo recebeu o Vitória, no Nilton Santos, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe visitante saiu na frente com gol de David, o Alvinegro virou com dois gol do atacante Brenner, mas o Rubro-Negro virou no final com gols de André Lima e Danilinho.

Com a derrota, o Botafogo segue no G-7 do Campeonato Brasileiro, o Alvinegro vai ficando na sexta colocação. A equipe carioca volta a entrar em campo na quarta-feira (11), contra a Chapecoense, no Nilton Santos.

Já o Vitória com essa vitória, sobe seis posições e vai ficando na décima colocação. O Rubro-Negro volta a entrar em campo pelo Campeonato Brasileiro, na quinta-feira (12), contra o Sport, no Barradão.

Vitória sai na frente, mas Brenner empata

No inicio da partida, o Victor Luis tentou surpreender. Aos três minutos, o lateral viu o goleiro Caíque adiantado, e arriscou um chute do meio de campo. A bola passou longe do gol. Aos 14', o Vitória abriu o placar. Em contra-ataque, Neilton, lançou Tréllez. O atacante invadiu a área, chutou na saída de Gatito e acertou a trave. No rebote, David empurrou para o gol vazio.

Aos 22, o Vitória quase ampliou. David invadiu a área, driblou dois defensores e tentou uma cavadinha, mas Gatito defendeu. O Botafogo respondeu um minutos depois. Luis Ricardo foi até a linha de fundo e cruzou para Pimpão, que cabeceou para fora.

Aos 25, o Botafogo empatou a partida. João Paulo cobrou falta na área, Pimpão deu uma casquinha no primeiro pau e Brenner completou para o gol. Sete minutos depois, o Botafogo quase virou a partida. Victor Luiz escapou pela esquerda e cruzou na área, Caíque saiu do gol para cortar a bola. E no rebote, Bruno Silva mandou uma bomba que passou perto do gol.

Botafogo vira, mas sofre a virada no final

No inicio do segundo tempo, o Vitória quase desempatou a partida. Tréllez carregou pelo meio e mandou uma bomba de fora da área. A bola explodiu na trave de Gatito e saiu pela linha de fundo. Em seguida, o Botafogo tentou dar a resposta. Em cruzamento, Pimpão tentou uma bicicleta, mas a bola passou longe.

Aos 13 minutos, Léo Valencia recebeu a bola enfiada e chegou antes de Caíque, que atingiu o jogador, e o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, Brenner bateu com tranquilidade e deslocou Caíque, virando a partida.

Aos 25, o Vitória pressionava o Botafogo. Primeiro com Neilton que encontrou Tréllez na entrada da área, o colombiano mandou uma bomba e assustou o Gatito. Na sequência, Patrick levantou a bola na área e encontrou Ramon livre. Zagueiro cabeceou, mas mandou para fora.

No final do jogo, o Vitória virou a partida. Aos 43, em escanteio cobrado na medida, André Lima subiu para cabecear e empatar a partida. E aos 49, Neilton foi acionado pela esquerda e rolou para a área, Danilinho foi travado e no rebote ele mesmo fuzilou para o gol.