Laterais e escanteios com as mãos: Fifa aprova mudanças nas regras do futsal

Após reunião realizada na Eslovênia, entidade que comanda o esporte confirmou novas regras

Laterais e escanteios com as mãos: Fifa aprova mudanças nas regras do futsal
Foto: Getty Images

Um dos esportes mais praticados no Brasil, o futsal passará por mudanças em breve. Após reunião realizada na Eslovênia durante Uefa Euro de futsal, a Fifa, entidade reguladora do esporte desde 1989, confirmou quatro mudanças que deverão impactar bastante o estilo de jogo depois de anos com um padrão a ser seguido.

A primeiro e, de certo modo, mais "polêmica" é a possibilidade de cobrar laterais e escanteios com as mãos. Assim que a mudança for oficializada, o responsável de estar com a bola terá a escolha de repor a bola com os pés ou as mãos. Segundo a Fifa, essa ideia irá beneficiar na quantidade de gols por partida.

A segunda está relacionada ao goleiro, que não poderá repor a bola diretamente ao campo de ataque, ou seja, a redonda terá de tocar no campo de defesa antes de chegar a outra metade da quadra. Vale lembrar que essa regra já foi usada até os anos 90.

A terceira é mais uma vez com enfoque no "goleiro". Usado em praticamente todos os jogos, o goleiro-linha ganhou mais uma nova regra. Os times só poderão utilizar o goleiro-linha quando estiverem perdendo. Caso estejam empatando e, mesmo assim, necessitando da vitória, a equipe não poderá utilizar o goleiro-linha, um dos "escapes" para conseguir marcar, já que é meio que uma adição de mais um homem em quadra, de linha.

Por fim, e não menos importante, a disputa de pênaltis teve seu número de cobranças ampliado de três para cinco cobranças, se igualando ao futebol e dando uma "sobrevida" a equipe que estiver perdendo.

Marcos Madeira, presidente da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS), foi o representante brasileiro na reunião que decidiu as mudanças. Marcos foi contra, apenas, a cobrança de laterais e escanteios.