Holanda derrota Índia e confirma boa fase no Hóquei sobre grama masculino

Holandeses vencem mais uma, seguem invictos e lutam pela liderança do Grupo B do Hóquei olímpico

Holanda derrota Índia e confirma boa fase no Hóquei sobre grama masculino
Foto: AFP / Getty Images
HOLANDA
2 1
INDIA
HOLANDA: STOCKMANN, SCHUURMAN, BAKKER, VAN ASS, DE WINJ, BAART, PRUIJSER, DE VOOGD, HOFMAN, HORST, WEERDEN, VERGA. KEMPERMAN, CROON, TURKSTRA
INDIA: PARATTU, RUPINDER SINGH, KHADANGBAM, KUMAR, MANPREET SINGH, SARDAR SINGH, VOKKALIGA, SANNUVANDA, MUJTABA, SOWMARPET, THIMMAIAH, KANGUJAM, AKASHDEEP SINGH, WALMIKI
Placar: 1-0, HOFMAN. 1-1, VOKKALIGA. 2-1, WEERDEN.
INCIDENCIAS: Partida válida pela 4ª rodada do Grupo B do hóquei sobre grama masculino nos Jogos Olímpicos Rio 2016

No Centro Olímpico de Hóquei, Holanda e Índia mediram forças em duelo das melhores equipes do Grupo B do hóquei sobre grama masculino nos Jogos Olímpicos 2016. Em parada dura do início ao fim, os holandeses levaram a melhor com gols de Hofman e Weerden.

A última rodada deste grupo ocorre na sexta-feira (12). Às 11h, a Holanda enfrenta a Nova Zelândia, enquanto às 12h30, a Índia busca a liderança do grupo contra o Canadá.

A partida iniciou com bastante estudo entre as equipes, sem muitas jogadas verticais. No primeiro período, destaque para o cartão verde apresentado ao grande jogador Vokkaliga, da Índia, que precisou deixar o campo de jogo pelos dois minutos da suspensão.

Aos 4 minutos do segundo período, Valentin Verga arriscou pela Holanda, mas o goleiro Parattu conseguiu defender. As trocas nas escalações foram intensas pelos dois lados, mas o placar permanecia inalterado.

Após o intervalo, o terceiro período iniciou com uma melhora holandesa. A pressão surgiu com a cobrança de corners, até Rogier Hofman, experiente atleta de 29 anos, marcar o primeiro gol: 1 a 0.

A desvantagem no placar não abalou os indianos. Vokkaliga e Rupinder Singh infernizaram em busca da igualdade. Conseguiram em um corner e Vokkaliga foi o finalizador responsável pelo tento, aos 7 minutos do terceiro período. A tranquilidade da Índia só não foi plena pelo cartão amarelo distribuído para Sowmarpet e para Vokkaliga, o que retirou os atletas dos instantes finais do terceiro quarto.

Com superioridade numérica, oportunidade aos holandeses na arrancada do último tempo. Van Ass arrematou, mas a defesa bloqueou a bola. Apesa do fim da supensão dos indianos, a Holanda seguiu no ataque, com o acúmulo de escanteios e até penalty corner.

Aos 53 minutos totais de jogo, o gol holandês amadurecia, mas foi Weerden quem anotou nas redes: 2 a 1 para os Países Baixos. Akashdeep Singh tentou o novo empate no score, mas o tiro foi deferido. O jogo foi com emoção até os segundos finais, quando o replay foi acionado para decidir um penalty corner em favor da Índia. Após muito suspense, Rupinder Singh cobrou e o goleiro Stockmann garantiu a vitória holandesa.