Brasil se despede do hóquei olímpico com derrota para líder do ranking Austrália

Seleção brasileira termina torneio com cinco derrotas, um gol marcado e certeza de que caminho para evitar grandes disparidades é longo em investimentos

Brasil se despede do hóquei olímpico com derrota para líder do ranking Austrália
Foto: Divulgação / International Hockey Federation
AUSTRÁLIA
9 0
BRASIL

A seleção brasileira de hóquei sobre grama encerrou a participação na Olimpíada Rio 2016 com mais uma derrota, mas para a seleção que é número 1 do ranking mundial: a Austrália. Os da Oceania mantiveram o foco na última rodada para superar os brasileiros no placar de 9 a 0.

A Austrália garantiu classificação como a terceira colocada do Grupo A e enfrentará a segunda seleção do Grupo B, a Holanda. O duelo será entre a primeira e a segunda colocada do ranking de hóquei sobre grama.

No jogo diante do Brasil, Dwyer Jamie marcou duas vezes no primeiro período de jogo, abrindo 2 a 0. Matt Gohdes fez o terceiro para deixar a Austrália mais à vontade no teste antes das quartas de final.

Glenn Turner, um dos destaques da equipe, foi às redes em três oportunidades para se tornar o artilheiro do duelo e abrir seis tentos no marcador. Após o intervalo, Matthew Dawson marcou o último gol aos 34 minutos e deu números finais ainda no terceiro período de partida.

O Brasil terminou a participação com cinco derrotas, um gol feito e 46 sofridos. Atualmente, a representação brasileira é a 30ª no ranking mundial e está muito atrás de países da América, como a Argentina, classificada às quartas de final no Grupo B e medalhista olímpica em outras oportunidades.

A esperança é que o Centro Olímpico e o estádio de Deodoro impulsionem investimentos na modalidade no país para reduzir a disparidade com os adversários e dar suporte aos competidores do Brasil.