Holanda bate Alemanha e confirma liderança do Grupo A do Hóquei feminino

Holandesas somam quatro vitórias e um empate para obter primeiro lugar; Alemanha soma 7 pontos e também avança às quartas

Holanda bate Alemanha e confirma liderança do Grupo A do Hóquei feminino
Foto: Daniel Berehulak / Getty Images
HOLANDA
2 0
ALEMANHA
HOLANDA: SOMBROEK, DE WAARD, KEETELS, JONKER, VERSCHOOR, WELTEN, MAASAKKER, PAUMEN, VAN AS, VAN GEFFEN, DE GOEDE, VAN MALE, LEURINK, BOS, HOOG, VAN DIRKSE
ALEMANHA: REYNOLDS, LORENZ, ORUZ, SCHRODER, STAPENHORST, WIELAND-MULLER, HANNAH KRUGER, ALTENBURG, HAUKE, MULLER, OLDHAFER, TESCHKE, SCHUTZE, MAVERS, SPRINK, PIEPER
Placar: 1-0, DE WAARD. 2-0, VAN MALE
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA 5ª RODADA DO HÓQUEI SOBRE GRAMA FEMININO NOS JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016

Pela última rodada do Grupo A do Hóquei sobre Grama feminino nos Jogos Olímpicos Rio 2016, a Holanda derrotou a Alemanha, manteve a invencibilidade e carimbou a primeira classificação da chave, com 13 pontos. Já a Alemanha também garantiu classificação às quartas de final, mas com 7 pontos.

Ambas as seleções aguardam para conhecer as adversárias na fase seguinte, no começo do mata-mata da Rio 2016.

No início de jogo, De Waard abriu o placar com um belíssimo gol para Holanda, na execução de um giro na área com uma finalização no ângulo. A seleção do país das tulipas seguia melhor no jogo, ao cercar a área alemã na troca de bolas. A melhor resposta da Alemanha foi um penalty corner que Lorenz desperdiçou no arremate.

Reynolds foi espetacular pelas alemãs em pelo menos três oportunidades. Em uma tacada frontal das adversárias e em duas defesas em um lance de penalty corner com a holandesa Maartje Paumen.

Um lance inusitado ocorreu no segundo período, quando a Holanda atacava e Teschke quase marcou um gol contra, mas conseguiu evitar que seu desvio entrasse na própria meta e cortou. Do outro lado, Altenburg invadiu a área, mas sua tacada foi parcialmente bloqueada, resultando em um escanteio. A Alemanha seguiu em cima e Oldhafer cavou um penalty corner, mas a defesa holandesa foi consistente.

Em ataque dos Países Baixos, Leurink finalizou, Reynolds defendeu na primeira e no rebote as holandesas ganharam um penalty corner. Porém, novamente Reynolds brilhou para evitar.

No terceiro período, a sede de gol holandês prosseguiu. Van Male conduziu para dentro da área e arrematou por cima da meta. Em nova investida dos Países Baixos, Lorenz foi praticamente nocauteada após um penalty corner e precisou de atendimento médico na defensiva alemã.

Faltando menos de dois minutos ao fim do período, Welten armou o corpo da jogada, conduziu, fintou e entregou a tarefa de marcar para Van Male, que não desperdiçou: 2 a 0.

No último período, Welten mantinha-se ativa no jogo, avançou pela esquerda, mas Reymolds fechou a porta já nas proximidades da linha do gol. A Alemanha tentou descontar em penalty corner, Hannah Kruger cobrou, mas a goleira holandesa foi bem demais na defesa.

A última chance alemã foi um penalty corner, mas a goleira Sombroek mostrou puro reflexo e segurou a vitória sem sofrer gols.