Após derrota para chinês, Ilias Lliadis anuncia aposentadoria do judô: "É hora de encerrar"

Ouro em Atenas 2004 e tricampeão mundial, judoca grego decide aposentar após derrota na Rio 2016

Após derrota para chinês, Ilias Lliadis anuncia aposentadoria do judô: "É hora de encerrar"
Foto: Reuters

O judoca grego Ilias Lliadis perdeu para o chinês Xunzhao Cheng ao ser surpreendido com um ippon. Mas isso nem foi a única surpresa da luta. Após a derrota, o grego que é um dos maiores nomes do judô na atualidade, anunciou que irá se aposentar.

"Esses são as últimas Olimpíadas da minha vida. A última competição da minha vida. Estou me aposentando. Acabou. Essa é a hora de parar. Tudo na vida tem seu tempo. Eu não estou feliz, mas acabou. Eu disse antes: ganhando ou perdendo, acaba aqui. Já fiz minha história no judô", disse.

Dono da medalha de ouro em Atenas 2004 e tricampeão mundial, o grego era o favorito no duelo contra o chinês. Entretanto, quando restavam 43 segundos para o fim da luta, Cheng acertou um ippon e venceu a luta, dando um ponto final a carreira de um dos maiores nomes do judô.

"É o judô. Eu não posso dizer nada. Tudo é possível. Esses são os Jogos Olímpicos. Ele me bateu e agora desejo sorte para ele e os outros judocas que vão competir hoje", declarou.

Aos 29 anos, Iliadis vinha de bons resultados no ciclo olímpico. Em 2013, foi bronze no Mundial do Rio de Janeiro. No ano seguinte, conquistou o tricampeonato Mundial, na Rússia. Seu último resultado foi um bronze nos Jogos Europeus, em Baku, no ano passado. O grego era um dos favoritos à medalha na categoria médio (até 90 kg), onde o Brasil foi representado por Tiago Camilo - que acabou também eliminado.