Andreia Bandeira vence na estreia e avança às quartas de final do boxe feminino

Andreia Bandeira e Joedison de Souza foram os boxeadores presentes na tarde do boxe

Andreia Bandeira vence na estreia e avança às quartas de final do boxe feminino
Andreia Bandeira comemora sua vitória em sua estreia nos Jogos Olímpicos Rio 2016 (Foto: Yuri Cortez/AFP/Getty Images)

A participação brasileira continuou na segunda parte dos combates do boxe com Andreia Bandeira, lutando pelo peso médio feminino (69-75kg), fazendo sua estreia contra a panamenha Atheyna Bylon, pelas oitavas de final da categoria. A brasileira detinha certo favoritismo para essa luta e fez jus ao mesmo. Em luta bastante equilibrada, Bylon tentou surpreender Andreia e começou o primeiro round aproveitando sua maior envergadura para controlar a distância, não deixando sua adversária encurtar tanto a distância, acertando golpes pesados no frontal da brasileira, que parecia sentir alguns deles e acabou perdendo o primeiro round na visão de dois juízes.

O segundo assalto não teve muitas mundanças e seguiu basicamente a mesma dinâmica. Andreia, mais uma vez, perdeu na visão de dois juízes e venceu na pontuação do terceiro. Apesar disso, a reação veio no terceiro assalto. Com mais ímpeto e se aproveitando de um visível cansaço da lutadora do Panamá, a brasileira partiu para cima e, segundo todos os juízes, venceu o terceiro round. O último assalto seguiu o mesmo padrão, com Andreia caminhando para cima, dominando o centro do ringue e sendo claramente superior, ficando com a vitória por decisão dividida, muito por conta dos dois primeiros rounds.

A tarde também definiu quem será o adversário de Robson Conceição na final do peso ligeiro (60kg). O combate entre Sofiane OumihaOtgondalai Dornjyambuu foi extremamente equilibrado, digno de uma semifinal olímpica. No entanto, foi o francês Oumiha quem conseguiu se impôr, vencendo a luta ao fim, por 29-28, na decisão dos três juízes. O mongol Dornjyambuu não conseguiu ser tão agressivo e acabou dominado pelo seu adversário, que vai brigar pelo ouro.

Na sequência, quem subiu ao ringue foi o brasileiro Joedison de Souza, pela categoria dos meio-médios ligeiros (64kg), enfrentando o turco Batuhan Gozgec, pelas oitavas de final da categoria. Os dois boxeadores fizeram luta com muita intensidade, sem se preocupar com a defesa, com trocação franca e vitória do brasileiro na visão de dois dos juízes. No segundo assalto, o turco conseguiu vencer, segundo a pontuação dos três juízes, deixando um empate na avaliação de dois deles. O terceiro assalto definiria a classificação para as quartas de final e o que se viu foi o cansaço do brasileiro, que acabou sendo derrotado por decisão unânime dos juízes, sendo eliminado da Olimpíada.