Robson Conceição x Sofiane Oumiha no boxe masculino dos Jogos Olímpicos

Robson Conceição x Sofiane Oumiha no boxe masculino dos Jogos Olímpicos
Robson Conceição x Sofiane Oumiha no boxe masculino dos Jogos Olímpicos

É isso, amigos! Obrigado por nos fazer companhia nesse momento histórico para o pugilismo brasileiro com a conquista de Robson Conceição! Continue conosco aqui na VAVEL Brasil para acompanhar tudo que acontece nos Jogos Olímpicos Rio 2016!

Ao fim do hino, é facilmente perceptível a emoção no semblante do brasileiro, que chama todos os outros medalhistas ao lugar reservado ao medalhista de ouro para que todos possam sair juntos nas fotos

Ao som de "É campeão!", Robson sobe ao lugar mais alto do pódio e retribui o carinho da torcida

Começa a premiação e logo logo teremos a entrega da medalha de ouro para Robson Conceição!

Depois da prata de Esquiva Falcão nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, a injustiça foi corrigida! O Brasil, finalmente, É OURO NO BOXE OLÍMPICO!

PODE COMEMORAR! O baiano Robson Conceição faz história e leva o primeiro ouro do Brasil na história do boxe olímpico! Depois de cair na primeira fase em Pequim 2008 e Londres 2012, elimina o favorito Lazaro Alvarez na semifinal e atropela Sofiane Oumiha na final para sair do Rio com a medalha de ouro!

O juiz anuncia o resultado oficial e a torcida vai ao delírio com a confirmação do OURO PARA O BRASIL COM ROBSON CONCEIÇÃO, POR DECISÃO UNÂNIME DOS JUÍZES!!!!

ACABOU! É OURO PARA O BRASIL! É OURO PARA ROBSON CONCEIÇÃO! O Brasil vence a final dos pesos ligeiros (60kg) e consegue o primeiro ouro da história do boxe! É HISTÓRICO!

3º Round: Robson vai rodando pelo ringue, tentando atrair o francês para contragolpear. Faltam apenas trinta segundos e a torcida já grita "É CAMPEÃO"

3º Round: O brasileiro vai trocando golpes de forma franca com o francês, sem se esconder do combate. Que luta! Falta apenas um minuto para o fim!

3º Round: Oumiha parte para cima porque sabe que precisa do nocaute para sair com a vitória! Robson adota postura mais conservadora, sem se arriscar tanto

Começa o terceiro round! Apenas três minutos separam Robson Conceição da medalha de ouro!

FIM DE SEGUNDO ROUND! Mais uma vitória para o brasileiro e agora, todos os juízes pontuam 20-18 para o brasileiro! Falta apenas um round e Robson pode até perder o último round por 10-9 para sair com a medalha de ouro!

2º Round: Oumiha se fecha na guarda e tenta contragolpear, recebe golpe e balançou, mas o juiz não abriu contagem

2º Round: Robson segue com  boas combinações de jabs e diretos, furando a guarda do seu adversário

2º Round: Oumiha tenta ser mais agressivo, mas vai sofrendo para conter o brasileiro, que vai tentando variar golpes, trabalhando na linha de cintura

Começa o segundo round! Vantagem para o brasileiro na busca pelo ouro!

FIM DE PRIMEIRO ROUND! Os juízes pontuam vitória do brasileiro, todos dando 10-9 para Robson Conceição!

1º Round: É impressionante como Robson parece ter encaixado sua esquiva, fugindo muito bem dos golpes do francês, que tenta encurtar a distância

1º Round: Conceição segue encaixando boas sequências, encaixando alguns jabs no frontal do francês

1º Round: Robson tem bom início de round, tentando partir pra cima e tomar a iniciativa, mas Oumiha trabalha bem a esquiva e vai evitando os golpes do brasileiro

COMEÇOU! O primeiro round está em andamento!

Robson Conceição adentra o ringue sob os gritos de "O campeão chegou", sendo ovacionado pelos torcedores

CHEGOU A HORA! Em instantes, Robson Conceição será convocado para subir ao ringue na Rio 16! Toda a torcida para o pugilista brasileiro!

Falta apenas uma luta! Efe Ajagba, da Nigéria, e Ivan Dychko, do Cazaquistão, se enfrentam pelas quartas de final dos superpesados logo a seguir, antecipando a luta final da noite

A torcida já vai se animando, cantando muito enquanto aguarda a hora da entrada de Robson Conceição

Vamos nos aproximando da luta do brasileiro! O combate entre Joshua Buatsi e Adilbek Niyazymbetov está acontecendo no Riocentro e, depois dessa luta, teremos apenas mais duas antes da grande final

Na luta mais aguardada pelo boxe brasileiro no Rio, neste domingo, o baiano Robson Conceição derrotou Lazaro Jorge Álvarez e se garantiu na decisão olímpica. Com o pavilhão 6 do Riocentro parecendo um caldeirão, o baiano de 27 anos ganhou do cubano tricampeão mundial, melhor do mundo na categoria leve (até 60kg), e se classificou. Com isso, garantiu que ao menos a medalha de prata ele tem. Álvarez fica com o bronze. 

A luta começou tensa, principalmente pela pressão da torcida, que ocupava quase a totalidade das arquibancadas. Álvarez, entretanto, manteve seu estilo de lutar, sempre medindo a distância e com a guarda baixa. O primeiro round não teve vencedor claro - dois juízes laterais deram triunfo do cubano, enquanto um apontou do brasileiro.

Robson parece ter sentido que a vantagem não era dele e foi mais agressivo no segundo round. Arriscando mais golpes, pressionou o rival, dominando o centro do ringue, e teve vitória incontestável.

Chegou ao terceiro assalto em vantagem, mas ainda assim um pouco afobado. Em sua sequência de golpes, chegou a se desequilibrar. O supercílio esquerdo, que já estava aberto, passou a sangrar e os médicos tiveram que atendê-lo. Os 35 segundos finais foram alucinantes, como se ninguém tivesse nada a perder. Um árbitro até viu vitória do cubano, mas mesmo assim o resultado final foi unânime.

Robson havia garantido a medalha ao vencer nas quartas de final Hurshid Tojibaev, do Usbequistão, dono do cinturão APB, a liga semi-profissional da Associação Internacional de Boxe (AIBA). A vaga na final, porém, foi ainda mais comemorada. Álvarez ganhou do brasileiro na final do Mundial de 2013 e tirou Robenilson de Jesus dos Jogos de Londres, há quatro anos.

A medalha reafirma a retomada do boxe olímpico brasileiro. Até quatro anos atrás, a única medalha do País nos Jogos havia sido conquistada em 1968, por Servílio de Oliveira. Em Londres, foram três pódios: prata com Esquiva Falcão e bronze com Adriana Araújo e Yamaguchi Falcão.

Desde 2010, o Brasil também vem conquistando resultados significativos em Campeonatos Mundiais. Ganhou título mundial juvenil, feminino e masculino. Em ano passado, em Baku, só Robson foi ao pódio, com bronze. O resultado o classificou para estar no Rio-2016.

No Rio, Robson faz suas últimas lutas como amador. Ele nunca escondeu que tem o sonho de ser campeão mundial profissional, mas esperou até a Olimpíada para fazer essa migração.

Seja bem-vindo, torcedor! Acompanhe agora a mais um dia de evento nos Jogos Olímpicos Rio 2016! Fique conosco!