Róbson Conceição bate francês Oumiha e conquista o ouro na categoria peso ligeiro do boxe masculino

Baiano conquistou título inédito para o Brasil no boxe ao derrotar Sofiane Oumiha

Róbson Conceição bate francês Oumiha e conquista o ouro na categoria peso ligeiro do boxe masculino
Róbson dominou a luta do começo ao fim. (Foto: Getty Images)

Na noite desta terça-feira (16), o Brasil conquistou seu terceiro ouro nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Em uma luta tranquila, Róbson Conceição levou o país ao lugar mais alto do pódio ao bater o frances Sofiane Oumiha por 3/0 nas decisões dos juízes. Dos três juízes, dois deram a pontuação de 29/28, e o terceiro por 30/27.

Com o ouro, o Brasil agora sobe uma colocação no quadro de medalhas e agora é o 15°, com três ouros, quatro pratas e quatro bronzes. A Croácia, que tem duas pratas a menos, agora ficou para a trás na 16° posição.

Esse foi o primeiro campeão olímpico da história do esporte no país. As outras medalhas foram conquistadas por Servílio de Oliveira, bronze no México em 1968, Adriana Araújo e Yamaguchi Falcão com o bronze e Esquiva Falcão com a prata, todos em Londres 2012.

O COMBATE

Todos os rounds foram muito parecidos. Esquivando-se com altíssima precisão, Róbson conseguiu evitar quase todos os golpes do francês no primeiro tempo e atacou muito, indo para cima sempre que possível. O round inicial era, indubitávelmente, do brasileiro.

Na segunda parcial de três minutos, Oumiha via-se ainda mais perdido. O baiano seguiu dominando a luta e utilizando a mesma estratégia, atacando com jebs para garantir a vitória, novamente por 10 x 9.

O último tempo teve Conceição apenas administrando a luta e tentando seguir na luta franca desde o começo, mesmo percebendo que o francês iria para o tudo ou nada. No final, Róbson esquivou-se com velocidade e tentou o clinch para fazer o tempo passar. Com direito a contagem regressiva da torcida brasileira, ele apenas aguardou o final da luta para comemorar o título. 

A CAMPANHA ATÉ A FINAL

RÓBSON CONCEIÇÃO (BRASIL)

Nocaute técnico vs Anvar Yunusov (TADJIQUISTÃO)
3x0 - Hurshid Tojibaev (UZBEQUISTÃO) 
3x0 - Lázaro Jorge Álvarez (CUBA)


SOFIANE OUMIHA (FRANÇA)

3x0 - Teófimo Andrés Lopez Rivera (HONDURAS)
Nocaute técnico - Amnat Ruenroeng (TAILÂNDIA)
3x0 - Albert Selimov (AZERBAIJÃO)
3x0 - Otgondalai Dorjnyambul (MONGÓLIA)