Nova York recebe UFC com card repleto de estrelas

É a primeira vez que o evento do Ultimate é realizado no Madison Square Garden, local desejado há anos pelos organizadores

Nova York recebe UFC com card repleto de estrelas
Connor McGregor não gostou da provocação devolvida de Eddie Alvarez. (FOTO:Jason Silva)

Neste sábado, dia 12 de novembro, o UFC vai realizar seu primeiro evento em Nova York, algo desejado há anos pelos responsáveis do Ultimate. Para celebrar esta conquista, o card do UFC 205 está repleto de confrontos importantes, com lutadores que têm grande visibilidade e fãs espalhados pelo mundo. Como prova disso, o maior expoente e mais polêmico lutador da atualidade encabeça a luta principal do evento a ser disputado no Madison Square Garden: Connor McGregor. O irlandês enfrenta Eddie Alvarez pelo título do peso-leve.

Tamanha empolgação é justificável. O Madison Square Garden foi o palco de importantes eventos e lutas. Ter uma noite do UFC no local já trouxe um bom retorno ao Ultimate antes mesmo de ser realizado:

“Esse é o maior e melhor card que já fizemos na história do UFC. Já estivemos nas maiores arenas do planeta, mas o Madison Square Garden é o topo. Esse lugar já teve lutas lendárias, eventos históricos, e nós quebramos o recorde de arrecadação. Eu não poderia estar mais empolgado”, declarou o dirigente em entrevista concedida à “Fox Sports” (EUA).

Porém, não é apenas Dana White que está ansioso pela noite de lutas. Durante a coletiva de imprensa realizada nesta quinta (10) com os lutadores envolvidos no card principal, Connor McGregor e  Eddie Alvarez quase chegaram às vias de fato após uma série de provocações, iniciada com o irlandês pegando o cinturão pertencente ao americano, que conquistou o título da categoria dos leves após superar o Rafael dos Anjos em julho.

"Estou preparado para destruir completamente o Connor McGregor e silenciar sua torcida. Obrigado por terem vindo! Estou decepcionado pelo país da Irlanda que este é o representante deles. Não tenho adversário aqui! Quando ele chegar, me chamem", disse Alvarez.

Outra luta envolvendo o cinturão é o duelo entre Tyron Woodley e Stephen Thompson. Os dois atletas vem em uma notória ascensão e a expectativa é de que ocorra uma grande luta. Atual campeão do peso meio médio após nocautear Robbie Lawler, Woodley vem de uma sequência de três vitórias consecutivas. Porém, ao menos se considerar a bolsa de apostas, Thompson é considerado favorito para a disputa. O "Wonderboy" fez lutas impressionantes com movimentos que chamam atenção devido a suas plasticidades e assim conseguiu uma incrível sequência de sete vitórias seguidas. Em seu cartel no MMA, Thompson tem apenas uma derrota.

Completando a lista de disputa de cinturões em um mesmo evento, há Joanna Jedrzejczyk x Karolina Kowalkiewicz pelo peso palha feminino do Ultimate. Após superar a brasileira Claudia Gadelha em sua última defesa, agora a invicta lutadora polonesa tem pela frente uma atleta que também não sabe o que é perder. Kowalkiewicz possui 10 vitórias em 10 lutas de MMA, duas a menos que sua adversária atual campeã da categoria.

Durante a conferência de imprensa, as duas lutadoras se estranharam e Joannna deu uma pequena cabeçada na desafiante. Após isso, se autoafirmou como a melhor da categoria e afirmou que é superior à rival.

Antigo campeão dos médios e famoso principalmente no Brasil por ter vencido Anderson Silva duas vezes, Chris Weidman busca sua redenção na categoria contra Yoel Romero, que é um dos postulantes a desafiante do cinturão. O cubano vem de uma vitória contra Ronaldo Jacaré e saiu vencedor do octógono em suas últimas sete lutas. Já o americano quer a sua recuperação e voltar aos principais holofotes do peso-médio após ter perdido o cinturão para Luke Rockhold.

Todas as lutas do UFC 205 envolvem atletas consagrados que tem ou já tiveram destaque máximo no Ultimate, sejam atuais campeões, antigos detentores de cinturão ou lutadores que já chegaram a disputar o título. Com um card repleto de estrelas, o que se espera é um grande evento a ser realizado em Nova York neste sábado.

Confira o card completo:

UFC 205

12 de novembro, em Nova York (EUA)

CARD PRINCIPAL (a partir de 1h, horário de Brasília):

Peso-leve: Eddie Alvarez x Conor McGregor

Peso-meio-médio: Tyron Woodley x Stephen Thompson

Peso-palha: Joanna Jedrzejczyk x Karolina Kowalkiewicz

Peso-médio: Chris Weidman x Yoel Romero

Peso-meio-médio: Kelvin Gastelum x Donald Cerrone

Peso-galo: Miesha Tate x Raquel Pennington

CARD PRELIMINAR (a partir de 22h, horário de Brasília):

Peso-pena: Frankie Edgar x Jeremy Stephens

Peso-leve: Khabib Nurmagomedov x Michael Johnson

Peso-meio-médio: Vicente Luque x Belal Muhammad

Peso-leve: Jim Miller x Thiago Pitbull

Peso-médio: Rafael Natal x Tim Boetsch

Peso-galo: Liz Carmouche x Katlyn Chookagian