Robert Whittaker vence Yoel Romero no UFC 213

Com queda da luta entre Amanda Nunes e Valentina Shevchenko, duelo entre cubano e australiano vira o main event deste sábado (8)

Robert Whittaker vence Yoel Romero no UFC 213

Robert Whittaker venceu três rounds e ficou com o cinturão interino do UFC nos médios. Deverá encarar Michael Bisping pelo título linear. 

Robert Wittaker vence Yoel Romero por decisao unânime dos juízes (triplo 48-47).

Fim de luta. Vamos ao resultado oficial dos juízes. 

Sem forças, Romero cai de costas e Whittaker se aproveita para manusear por cima. 

Whittaker cansou mas Romero parece que está mortinho.

Os dois vão para a trocação franca. 

Vamos ao 5° e último round. 

Australiano segue com melhor momento e por pouco não nocauteia Romero, que não consegue mais aplicar quedas.

Whittaker trabalha mais com os golpes que vazam a guarda do cubano. 

Romero está mais cansado e agora arrisca quase tudo nas quedas e tentativas de golpe no domínio da posição.

Começa o 4° assalto.

Chute frontal na barriga machuca Romero.

Mais disposto, Whittaker encaixa golpes efusivos no cubano. 

Vamos ao 3° round.

Romero consegue mais uma queda no fim do segundo round. 

Whittaker raspa no chão mas Romero consegue se segurar nas costas do carateca. 

Cubando mostra superioridade e cola Whittaker no chão.

Romero desfere joelhada no estômago do rival.

Australiano foi com uma canelada, defendida por Romero.

Vamos ao segundo round.

Romero acerta joelhada e em seguida gruda no australiano para tentar o takedown. 

Os dois lutadores vão usando socos. Romero conseguiu a queda e domina as costas de Whittaker.

Romero usa fintas para tirar Whittaker de seu raio de ação. 

Começou o combate final.

Os dois lutadores já se encontram no octógono.

Agora é luta pelo cinturão interino dos médios. Yoel Romero vai enfrentar Robert Whittaker. Cuba x Austrália.

Alistair Overeem venceu Fabrício Werdum por decisão majoritária dos juízes.

Fim de luta. Vamos ao resultado oficial dos juízes. 

Brasileiro domina e crava o holandês no chão.

Fabrício Werdum consegue knockdown em Overeem e puxou para guilhotina mas o holandês escapou.

Werdum começou os três rounds arriscando uma voadora no rival.

Fim do segundo round. 

Fim do primeiro round.

Esquerda do holandês entrou limpa em Werdum.

Alistair acertou soco que desequilibrou Werdum, mas a luta prosseguiu em pé.

Fabrício usa de chutes longos mas a distância segue controlada enquanto Overeem estuda o brasileiro.

Começa a luta. 

Werdum é especialista na luta agarrada enquanto Overeem se destaca na luta em pé. 

Alerta para Brasil no octógono: Fabrício Werdum faz trilogia contra o holandês Alistair Overeem.

Curtis Blaydes vence  Daniel Omielańczuk por decisão unânime dos juízes

Fim de luta. Vamos esperar resultado dos juízes. 

Curtis Blaydes mostra superioridade mas não garante boa apresentação. 

Blaydes foi advertido por golpe ilegal.

Pesos pesados mostram desgaste físico. Os dois lutadores já não demonstram técnica e potência do primeiro round.

Americano investe nos double legs para colocar o Daniel no chão. 

Blaydes não sente medo de morrer sem fôlego e já imprime força para que o polonês não saia da grade.

Começa o duelo.

Daniel Omielańczuk x Curtis Blaydes pelos pesados no próximo combate da noite.

Anthony Pettis vence Jim Miller por decisão unânime dos juízes. Ex-campeão reencontra o caminho das vitórias. 

Fim de luta. 

Anthony Pettis conseguiu reviravolta e agora fica de pé.

Miller telegrafou golpe e colocou Pettis no chão, mas o ex-campeão quase conseguiu um triângulo.

Faltando um minuto para o fim, Pettis teve seu melhor momento quando atordoou o adversário, mas Miller se recuperou.

Showtime já inicia o duelo articulando golpes plásticos. Miller no entanto já desferiu dois bons socos.

Começa o combate.

Próxima luta será nos leves: o ex-campeão Anthony Pettis vai encarar Jim Miller.

Card preliminar:
Alexey Oliynyk venceu Travis Browne por finalização
Chad Laprise venceu Brian Camozzi por nocaute técnico
Thiago Marreta venceu Gerald Meerschaert por nocaute técnico
Belal Muhammad venceu Jordan Mein por decisão unânime
Cody Stamann venceu Terrion Ware por decisão unânime
Trevin Giles venceu James Bochnovic por nocaute técnico.

E foi! Font caiu por baixo mas não teve pena e aplicou a guilhotina no brasileiro Douglas Andrade. 

Rob Font golpeou o brasileiro fortemente e conseguiu a queda no Douglas. 

Jab direto e jab-jab. Sequências que Font vai aplicando seguem magoando o brasileiro.

Americano segue superior ao brasileiro, que não acerta tempo dos golpes e segue sendo socado quando Font investe.

Luta ficou paralisada por conta de uma dedada de Font no olho do catarinense. Advertência verbal do árbitro.

Após o fim desse combate estaremos informando como foi o card preliminar.

Começou a luta.

Vamos a primeira luta do card principal. Rob Font encara o brasileiro Douglas da Silva Andrade, na categoria dos galos. 

Confirmado: Amanda Nunes está fora do card do UFC 213. A atleta brasileiro teve de ser hospitalizada neste sábado (8). Site oficial do Ultimate já informou que a baiana não terá condições de lutar no evento.

Boa noite, amigo leitor da VAVEL Brasil. A partir de agora você acompanha o UFC 213: Nunes vs Shevchenko ao vivo. Na luta principal, a brasileira Amanda Nunes vai encarar a russa Valentina Shevechenko, valendo o título dos galos-feminino.

CARD PRINCIPAL:
Peso-galo: Amanda Nunes x Valentina Shevchenko
Peso-médio: Yoel Romero x Robert Whittaker
Peso-pesado: Daniel Omielanczuk x Curtis Blaydes
Peso-pesado: Fabricio Werdum x Alistair Overeem
Peso-leve: Anthony Pettis x Jim Miller

CARD PRELIMINAR:
Peso-pesado: Travis Browne x Alexey Oliynyk
Peso-meio-médio: Chad Laprise x Brian Camozzi
Peso-médio: Thiago Marreta x Gerald Meerschaert
Peso-meio-médio: Jordan Mein x Belal Muhammad
Peso-galo: Rob Font x Douglas D'Silva
Peso-pena: Cody Stamann x Terrion Ware
Peso-meio-pesado: Trevin Giles x James Bochnovic

Ainda no card principal, Fabrício Werdum está de volta ao octógono para reencontrar Alistair Overeem, de olho no cinturão de Stipe Miocic. Werdum evoluiu no MMA através do muay thai, principalmente quando se trata de chutes e joelhadas.

A luta co-principal do evento terá a disputa do título interino dos pesos-médios entre Yoel Romero e Robert Whittaker. O campeão Michael Bisping está de molho e aguardará o vencedor do combate desse sábado. Aos 40 anos, Romero atravessa sua melhor fase na carreira. Para chegar a esta disputa de cinturão, deixou para trás um bom número de oponentes de alto nível pelo caminho, como Lyoto Machida, Ronaldo Jacaré e Chris Weidman.

As duas já se enfrentaram no passado.
Amanda superou Valentina no UFC 196, por decisão unânime dos jurados. Desde então, a Leoa passou por cima de Miesha Tate, para conquistar o cinturão, e por Ronda Rousey, para defender seu título, no UFC 207. Shevchenko encarou dois desafios após cair para a brasileira. Deu a volta por cima ao derrotar a ex-campeã Holly Holm, por pontos, e superou Julianna Peña por finalização em janeiro.

A luta principal do UFC 213 terá a segunda defesa de título da campeã peso-galo Amanda Nunes. A brasileira fará uma revanche diante da quirguiz radicada no Peru, Valentina Shevchenko. A "Leoa" é uma lutadora completa, tem um muay thai forte e agressivo, e é faixa preta de jiu-jitsu.

O card principal do evento conta com dois embates no peso-pesados. Daniel Omielanczuk encara Curtis Blaydes, e o ex-campeão Fabrício Werdum concede revanche a Alistair Overeem. Anthony Pettis e Jim Miller fazem confronto pelos leves. No card preliminar, destaque para os brasileiros Thiago Marreta e Douglas D'Silva, que pegam, respectivamente, os americanos Gerald Meerschaert e Rob Font. 

Yoel Romero e Robert Whittaker disputam a coroa de forma interina nos médios.

Luta