UFC ao vivo: Luta Amanda Nunes vs Valentina Shevchenko online no UFC 2015

UFC ao vivo: Luta Amanda Nunes vs Valentina Shevchenko online no UFC 2015
Foto: Editoria de arte/VAVEL Brasil

E ficamos por aqui. Tenham todos um bom domingo. 

RESULTADO OFICIAL: Amanda Nunes vence Valentina Shevchenko por decisão dividida dos juízes.

Fim de luta. Vamos esperar o resultado oficial dos juízes. 

5' De tanto insistir, Amanda Nunes derruba a adversária.

5' Valentina aplica golpe de judô e derruba Amanda mas a brasileira foi mais esperta e foi para as costas.

5' A brasileiro mudou estratégia e tentou a queda, bem defendida pela rival.

5' Amanda está mais travada, sem ir pra cima de Shevchenko, que faz caminho inverso.

Vamos ao último round do UFC 215

4' Valentina coloca mais golpes na cabeça e mesclou com joelhada na barriga da brasileira.

4' Esquiva e contragolpe. Amanda pra responder vem com mais ímpeto que nos rounds anteriores. 

4' 4° round em ação.

Fim do 3° round.

' Chute alto da Amanda bem defendido por Valentina.

3' Valentina arrisca soco rodado no vazio.

3' Shevchenko sai de um cruzado respondendo com direto de esquerda.

3' Amanda Nunes combinando mais golpes não deixa Valentina em algum momento trabalhar sua estratégia.

3' Vamos com o 3° round

2' A tensão de como pode ser o desenrolar dessa luta ainda segue, embora o combate siga mostrando que o duelo inteiro pode se desenrolar na trocação.

2' Valentina agora toma as ações, evadindo a guarda da baiana, que responde com chute na linha de cintura. 

2' Começa o segundo assalto.

1' Amanda trocou gancho que direito de direita.

Correção; Shevchenko nasceu no Quirguistão e não na Rússia, como noticiamos. 

'1 Amanda trocou de base e tentou chutes altos com cruzados. Shevchenko segue com guarda fechada.

1' As duas atletas se estudam muito, trocando chutes baixos para manutenção de distância. 

Começa a luta!

Lutadoras devidamente apresentadas. 

É a vez da brasileira subir para defender seu cinturão.

A russa radicada no Peru vai entrando no octógono.

Vamos agora com a luta principal da noite, valendo o título dos galos: Amanda Nunes encara Valentina Shevchenko.

E está tudo acabado. O brasileiro Rafael dos Anjos finalizou o americano Neil Magny.

Vamos agora com mais um brasileiro em ação. Nos moscas, Wilson Reis vai encarar o americano Henry Cejudo.

Ilir Latifi vence Tyson Pedro por decisão unânime.

Agora está rolando o duelo dos meio-pesados Ilir Latifi e Tyson Pedro. 

Primeiro combate do card principal: Jeremy Stephens venceu Gilbert Melendez por decisão unânime dos juízes. 

Resultados do card preliminar:

Peso Galo: Ketlen Vieira venceu Sara McMann via finalização (katagatame) aos 4:16 do segundo round
Peso Galo: Sarah Moras venceu Ashlee Evans-Smith via finalização (chave de braço) aos 2:51 do primeiro round
Peso Pena: Rick Glenn venceu Gavin Tucker na decisão unânime (30-25, 30-24, 29-27)
Peso Leve: Alex White venceu Mitch Clarke via nocaute técnico (socos) aos 4:36 do segundo round
Peso Pesado: Arjan Bhullar venceu Luis Henrique KLB na decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)
Peso Leve: Kajan Johnson venceu Adriano Martins via nocaute (soco) aos 0:49 do terceiro round

Boa noite leitor da VAVEL Brasil. A partir de agora você fica ligado no UFC 215, que acontecerá no Rogers Place, em Edmonton no Canadá neste sábado (9). A luta principal do evento fica por conta da brasileira Amanda Nunes que defenderá seu cinturão peso-galo-feminino diante da russa radicada no Peru Valentina Shevchenko.

CARD PRINCIPAL:
Peso-galo (até 61,2kg*): Amanda Nunes (61,2kg) x Valentina Shevchenko (60,6kg)
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Neil Magny (76,9kg) x Rafael dos Anjos (77,1kg)
Peso-mosca (até 57,2kg): Henry Cejudo (56,9kg) x Wilson Reis (57,2kg)
Peso-meio-pesado (até 93,4kg): Ilir Latifi (93,2kg) x Tyson Pedro (93,2kg)
Peso-pena (até 66,2kg): Jeremy Stephens (66,2kg) x Gilbert Melendez (66,2kg)

CARD PRELIMINAR:
Peso-galo (até 61,7kg): Sara McMann (61,5kg) x Ketlen Vieira (61,7kg)
Peso-galo (até 61,7kg): Sarah Moras (61,2kg) x Ashlee Evans-Smith (61,5kg)
Peso-pena (até 66,2kg): Gavin Tucker (66kg) x Rick Glenn (66kg)
Peso-leve (até 70,8kg): Mitch Clarke (70,5kg) x Alex White (70,5kg)
Peso-pesado (até 120,7kg): Luis Henrique KLB (110,9kg) x Arjan Bhullar (108,4kg)
Peso-leve (até 70,8kg): Kajan Johnson (70,3kg) x Adriano Martins (70,8kg)

O Brasil ainda terá mais quatro brasileiros em ação no Canadá: Adriano Martins (enfrenta Kajan Johnson), Luiz KLB Henrique (encara Arjan Bhullar), Ketlen Vieira (pega a ex-desafiante Sarah McMann) e o ex-desafiante peso mosca Wilson Reis (enfrenta Henry Cejudo, também ex-desafiante).

Na pesagem oficial, todos os atletas bateram devidamente o seu peso estipulado, sem nenhuma luta em peso combinado.

O co main event da noite então ficou para o duelo dos meio-médios Neil Magny x Rafael dos Anjos ao vivo. O brasileiro ex-campeão peso-leve fez sua primeira luta na nova categoria este ano, batendo o belga Tarec Saffiedine no UFC Fight Night Singapura, realizado em junho. Já Magny vem de vitória sobre Johnny Hendricks, ex-campeão, em dezembro do ano passado no UFC 207, que coroou Amanda Nunes na luta principal ao nocautear Ronda Rousey.

Amanda Nunes tem 29 anos e é natural de Pojuca, na Bahia. A atleta ostenta 14 vitórias e apenas 4 derrotas em seu cartel. Já Shevchenko, experiente striking, tem cartel melhorado de 14-2. Sua última derrota foi justamente para a Leoa, em março de 2016 no UFC 196.

No dia 8 de julho de 2017, Amanda enfrentaria a russa Valentina Shevchenko, valendo o Cinturão Peso-Galo Feminino do UFC na T-Mobile Arena, em Las Vegas, sendo a principal luta da noite, porém, por causa de uma enfermidade ocorrida com Nunes, a luta fora cancelada.[23]

Enquanto o UFC tem sido um palco com inúmeros eventos em todo o Canadá, este sera o primeiro em Edmonton (segundo, em Alberta, após o UFC 149 , em 2012)

O evento teve a principal baixa. Originalmente, Demetrious Johnson colocaria o título do peso galo em jogo diante de Ray Borg, mas o desafiante teve problemas de saúde e o combate caiu nesta sexta-feira (8) ainda pela manhã, antes da pesagem oficial.

Inicialmente, o plano era que o UFC 215 acontecesse no dia 19 de agosto, em local a ser anunciado nos Estados Unidos provavelmente na cidade de Seattle, possivelmente com o Campeão Peso Mosca Demetrious Johnson. No entanto, o plano foi vetado no dia 26 de junho, por motivos não revelado.