Georges St-Pierre finaliza Michael Bisping, conquista cinturão e faz história no UFC 217

O canadense, com a conquista do título peso-médio, se une a Randy Couture, B.J. Penn e Conor McGregor no rol dos campeões em duas divisões de peso diferentes no UFC

Georges St-Pierre finaliza Michael Bisping, conquista cinturão e faz história no UFC 217
Foto: Getty Images/Mike Stobe

Em noite nebulosa para os campeões, a luta principal do UFC 217, neste sábado (04), não foi diferente das duas anteriores. Michael Bisping fez sua segunda defesa de cinturão diante do ex-campeão meio-médio Georges St-Pierre e sucumbiu a um mata-leão a 4min20seg do terceiro round.

Bisping, além de perder o cinturão, teve uma sequência de cinco vitórias quebrada. Já GSP soma sua 13ª vitória seguida no UFC, desta vez fazendo história ao ser o quarto atleta campeão do Ultimate em duas divisões de peso diferentes.  O canadense se junta a Conor McGregor, campeão dos leves e ex-campeão dos penas, a B.J. Penn, ex-campeão dos meio-médios e leves, e a Randy Couture, ex-campeão dos pesados e meio-pesados.

O primeiro round começou com muita cautela dos dois atletas, mas logo St-Pierre tomou o controle da distância e do centro do octógono. Ao longo do round, o canadense conseguiu atingir Bisping algumas vezes, mas o inglês levou perigo em alguns contragolpes. No final do round, St-Pierre derrubou Bisping e deixou o inglês abalado com um superman punch e na sequência um chute rodado.

O segundo segmento de luta teve boa intensidade de troca de golpes. Bisping acertou bom direto em St-Pierre e a partir desse momento começou a tomar controle da luta com golpes combinados e com o princípio de cansaço de St-Pierre.

Logo no começo do terceiro round St-Pierre conseguiu uma queda com vantagem de posição no solo. Bisping tentou parar o canadense com cotoveladas, mas GSP também fez uso de cotoveladas para atingir Bisping no ground and pound. A luta voltou a ficar de pé, com troca de golpes dos dois atletas.

A definição veio com um cruzado de esquerda de GSP que abalou Bisping. Na tentativa de evitar o nocaute, o campeão deu as costas para St-Pierre, que aproveitou a brecha para finalizar e apagar Michael Bisping para fazer história no UFC.

Outras lutas da noite

Card principal
Peso-galo: TJ Dillashaw venceu Cody Garbrandt por nocaute a 2min41seg no round 2.
Peso-palha feminino: Rose Namajunas venceu Joanna Jedrzejczyk por nocaute técnico 3min03seg no round 1.
Peso-meio-médio: Stephen Thompson venceu Jorge Masvidal por decisão unânime (30-26, 30-27, 30-27).
Peso-médio: Paulo Borrachinha venceu Johny Hendricks por nocaute técnico a 1min23seg do round 2.
Card preliminar
Peso-leve: James Vick venceu Joe Duffy por nocaute técnico a 4min59seg do round 2..
Peso-pesado: Mark Godbeer venceu Walt Harris por desqualificação a 4min29seg do round 1.
Peso-meio-pesado: Ovince Saint Preux venceu Corey Anderson por nocaute a 1min25seg do round 3.
Peso-meio-médio: Randy Brown venceu Mickey Gall por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-27).
Peso-pesado: Curtis Blaydes venceu Oleksiy Oliynyk por nocaute técnico a 1min56seg do round 2.
Peso-galo: Ricardo Carcacinha venceu Aiemann Zahabi por nocaute a 1min58seg do round 3.