Resultado luta Max Holloway x José Aldo no UFC 218

Acompanhe minuto a minuto do card do UFC 218, que tem a disputa de cinturão peso-pena entre Max Holloway vs Aldo ao vivo e em tempo real

Resultado luta Max Holloway x José Aldo no UFC 218
Foto: Editoria de arte/VAVEL Brasil

Após a última luta desta noite, nos despedimos de você leitor da VAVEL Brasil! Desejamos a todos uma boa noite e um ótimo domingo! Fiquem ligados e até a próxima edição do UFC! Vem aí o UFC Fresno, no próximo sábado (9) com Cub Swanson e Brian Ortega na luta principal.

E assim está estabelecida a era Max Holloway na divisão peso-pena do UFC. O futuro de José Aldo no MMA é uma grande incógnita daqui pra frente.

AAAAAAAAAAANNNNNNND STIIIIIIIIIIILLLLLLLLL! Aos 4min51seg do terceiro round, Max Holloway mantém seu cinturão dos penas ao nocautear José Aldo.

Combate de hoje teve um roteiro bastante semelhante ao do primeiro encontro entre Holloway e Aldo. Brasileiro teve bom início, mas o havaiano cresceu ao longo da luta e superou não só no fator físico, mas no lado técnico.

ACABOU! MAX HOLLOWAY MANTÉM O CINTURÃO DOS PENAS POR NOCAUTE TÉCNICO!

3º Round: Aldo tenta derrubar Holloway, mas acaba por baixo e leva pesados golpes no ground and pound. 

3º Round: Bom momento para Holloway. O havaiano aplica várias sequências no brasileiro, que resiste ao cansaço e ao ritmo intenso do campeão. 

3º Round: Boa troca de golpes entre os atletas até aqui no round. Holloway provoca e Aldo parte para cima!

3º Round: COMEÇA A LUTA!

Round bastante equilibrado. Os dois atletas estiveram em boa condições de golpear e tiveram bons momentos. Aldo usa bem dos chutes baixos, enquanto Holloway tem nos golpes retos uma forma de encontrar a distância e parar Aldo.

Fim do round!

2º Round: Sequência de trocação franca!

2º Round: Atletas vão para o clinch, mas logo voltam à ação normal.

2º Round: Holloway traz perigo com golpes retos que marcam o rosto de Aldo.

2º Round: José Aldo começa a soltar seus tradicionais chutes nas pernas do adversário.

2º Round: COMEÇOU A LUTA!

Round no qual Aldo foi mais agressivo, embora Holloway tenha estado ligado.

Fim do round!

1º Round: Holloway provoca, mas Aldo segue partindo para cima do havaiano.

1º Round: Aldo começa a pressionar Holloway com sequências. 

1º Round: Atletas começam se estudando bastante.

1º Round: COMEÇA A LUTA!

IIIIIIIIIIIIIIIT'SSSSSSSSSSS TIIIIIIIIIIIIIIMEEE!

Bruce Buffer apresenta o campeão e o desafiante!

Holloway vs Aldo
25 anos x 31 anos
1,80 m x 1,70 m
65,8 kg x 65,8 kg

José Aldo está em busca de iniciar seu terceiro reinado na divisão dos penas e de se reencontrar com a vitória. Tem duas derrotas nas últimas três lutas. Aldo esteve invicto por nove anos antes de cair para Conor McGregor, em 2015. Venceu Frankie Edgar para ser campeão interino - depois promovido a campeão linear - antes de encontrar Holloway pela primeira vez.

Holloway foi o terceiro ser vivo a parar Aldo no MMA. O havaiano não sabe o que é perder desde 2013, quando foi derrotado por Conor McGregor. São 11 vitórias seguidas desde então. 

Max Holloway defende o cinturão dos pesos-pena pela primeira vez em seu reinado. E irá enfrentar José Aldo, rei dos penas do UFC em duas oportunidades na carreira. Originalmente, Frankie Edgar seria o seu desafiante, mas uma lesão tirou Edgar da luta e Aldo assumiu seu posto.

Vem aí a luta principal do UFC 218!

Joe Rogan anuncia a Ngannou na entrevista pós-luta que ele é o próximo desafiante ao cinturão de Stipe Miocic. 

WOW! Francis Ngannou nocauteia Alistair Overeem de forma brutal!

1º Round: Entrou a mão de Ngannou!

1º Round: Dan Miragliotta tira os atletas do clinch por falta de combatividade.

1º Round: Overeem leva Ngannou imediatamente para o clinch na grade. Mas o camaronês consegue a vantagem na posição.

1º Round: COMEÇA A LUTA!

Bruce Buffer anuncia os lutadores.

Overeem vs Ngannou
37 anos x 31 anos
1,93 m x 1,96 m
112 kg x 118,8 kg

Overeem busca a terceira vitória seguida no UFC. Seu histórico negativo de nocautes sofridos preocupa para a noite de hoje, diante do perigoso e ascendente Ngannou.

Ngannou tem dez vitórias e uma derrota. Vem de nove vitórias seguidas na carreira - cinco no UFC. Finalizou todos os seus combates no UFC.

Agora é momento da luta co-principal da noite. Alistair Overeem encara Francis Ngannou em busca de uma revanche com Stipe Miocic.

O vencedor é Henry Cejudo! Decisão unânime: todos os jurados marcaram 30-27 para Cejudo.

Vamos ao resultado dos jurados.

A luta não teve nenhum grande atrativo em termos de emoção, foi um domínio claro de Henry Cejudo no solo e na condução da luta quando esteve em pé. O ex-desafiante deve sair vencedor e se aproximar da revanche com Demetrious Johnson.

Fim de luta! Vamos aos jurados!

3º Round: Segundos finais de luta. Público parece não gostar do que vê.

3º Round: Luta passa a ficar de pé novamente. Cejudo acerta bom golpe cruzado e um chute em Pettis.

3º Round: Cejudo pressiona Pettis no solo e tenta manter o oponente sem ação.

3º Round: Cejudo consegue novamente derrubar Pettis no solo.

3º Round: Atletas iniciam trocando golpes no centro do octógono.

3º Round: COMEÇOU!

Segundo assalto manteve o mesmo ritmo do primeiro, com domínio de Cejudo na luta de solo e no controle das ações.

Fim do round!

2º Round: Luta volta a ficar de pé. Segundos finais.

2º Round: Cejudo mantém trabalho de ground and pound e progressão de postura no solo.

2º Round: Cejudo consegue boa sequência em pé e consegue a queda.

2º Round: COMEÇOU!

Domínio absoluto de Cejudo no primeiro round. Controlou Pettis no solo durante a maior parte dos cinco minutos de abertura da luta.

Fim do round!

1º Round: Segundos finais. Cejudo segue por cima e buscando o ground and pound.

1º Round: Cejudo agora está na guarda por cima e busca progredir a posição.

1º Round: Cejudo monta nas costas de Pettis e faz uso de joelhadas para incomodar o oponente.

1º Round: Cejudo começa mais ativo em pé e logo consegue a queda. 

1º Round: COMEÇA A LUTA!

Bruce Buffer anuncia os lutadores.

Cejudo vs Pettis
30 anos x 24 anos
1,62 m x 1,67 m
57,2 kg x 57,2 kg

Irmão de Anthony "Showtime" Pettis, Sergio tem 16 vitórias e duas derrotas. Vem de quatro sucessos consecutivos e está em busca de sua primeira disputa de cinturão no UFC.

Cejudo vem de vitória sobre o brasileiro Wilson Reis. Tem dez vitórias e duas derrotas - perdeu apenas para Joseph Benavidez e Demetrious Johnson. O americano de sangue mexicano está em busca de sua revanche contra Johnson.

Na sequência, embate entre os possíveis próximos desafiantes de Demetrious Johnson pelo cinturão dos moscas do UFC: Henry Cejudo contra Sergio Pettis.

WOWWW! ALVAREZ ACERTA JOELHADA EM GAETHJE E NOCAUTEIA!

3º Round: Combate passa ao clinch. Atletas estão visivelmente cansados.

3º Round: Luta começa intensa novamente. Gaethje aposta nos chutes para abalar Alvarez. O ex-campeão do UFC resiste e parte com força na técnica de boxe.

3º Round: COMEÇA O ÚLTIMO ROUND DO LUTÃO!

Fim do round!

2º Round: Atletas seguem com ritmo frenético de troca de golpes. Enquanto os socos de Alvarez abalam Gaethje, os chutes do ex-WSOF são fortes.

2º Round: Gaethje parte para cima de Alvarez. O ex-campeão acerta bons golpes, mas o ex-WSOF mantém sua postura raçuda.

2º Round: COMEÇA O ROUND!

Fim do round!

1º Round: Alvarez começa a acertar golpes fortes em Gaethje. Combate é movimentado na troca de golpes.

1º Round: Muita intensidade na troca de golpes entre os atletas.

1º Round: COMEÇA A LUTA!

Bruce Buffer anuncia os atletas.

Alvarez vs Gaethje
33 anos x 29 anos
1,75 m x 1,80 m
70,3 kg x 70,8 kg

Alvarez não vence há pouco mais de um ano. Perdeu em novembro de 2016 para Conor McGregor e depois teve uma luta sem resultado diante de Dustin Poirier. Está em busca de se recuperar no UFC.

Gaethje está invicto no MMA, com 18 vitórias em 18 lutas. Estreou no UFC no último mês de julho, contra Michael Johnson. Venceu por nocaute e ganhou prêmio de Performance da Noite e de Luta da Noite.

Na sequência virá um combate com grandes chances de ser o melhor da noite. Eddie Alvarez e Justin Gaethje medem forças pelos pesos-leves. Ambos atletas são conhecidos pela raça e grande disposição no octógono. Fique ligado! 

Decisão unânime em Detroit! Tecia Torres vence Michelle Waterson por unanimidade dos jurados (30-27, 29-28, 29-28)! 

Fim de luta! Vamos para a decisão dos jurados!

3º Round: Torres aplica golpes pesados no ground and pound e tenta novamente a submissão.

3º Round: Torres montou nas costas de Waterson e tenta a submissão.

3º Round: Torres acerta bons golpes em Waterson na trocação.

3º Round: Waterson começa com pressão, mas Torres a leva para o clinch na grade.

3º Round: COMEÇOU!

Fim do round!

2º Round: Torres tenta aplicar um triângulo em Waterson.

2º Round: Waterson volta para a guarda e faz uso do ground and pound para pressionar Torres.

2º Round: Waterson progride para a meia-guarda. Torres tenta pegar o braço da adversária.

2º Round: Waterson aplica queda sobre Torres e fica por cima na guarda.

2º Round: COMEÇOU O ROUND!

Fim do round!

1º Round: Torres aplica boa sequência de golpes antes do gongo soar.

1º Round: Segundos finais do assalto.

1º Round: Torres leva Waterson para o clinch na grade e pressiona com joelhadas.

1º Round: Atletas trocam golpes em pé.

1º Round: ​Waterson monta nas costas de Torres, mas perde a posição.

1º Round: COMEÇOU!

Bruce Buffer anuncia a luta que abre o card principal. "WE ARE LIVE!"

Torres vs. Waterson
28 anos x 31 anos
1,54 m x 1,60 m
52,6 kg x 52,2 kg

Tecia Torres tem nove vitórias e uma derrota. Busca a terceira vitória seguida no UFC, visando o cinturão - hoje em mãos de Rose Namajunas.

Waterson tem 14 vitórias e cinco derrotas. Seu último compromisso foi em abril, pelo UFC Kansas City, quando foi derrotada pela hoje campeã Rose Namajunas.

E vamos para a luta de abertura do card principal! Tecia Torres versus Michelle Waterson, em combate pela divisão peso-palha. 

O último combate do card preliminar teve a vitória de Paul Felder sobre Charles do Bronx, por nocaute, no segundo round. O confronto foi válido pelos leves.

Em combate muito movimentado e emocionante, Yancy Medeiros nocauteou Alex Cowboy no último de três rounds. A luta do brasileiro foi válida pela categoria meio-médio.

As duas únicas lutas encerradas nas papeletas dos jurados foram as vitórias de Felice Herrig e David Teymur, que bateram, respectivamente, Cortney Casey e Drakkar Klose. Herrig venceu Casey por decisão dividida, em luta pelo peso-palha feminino. Teymur superou Klose em decisão unânime, em luta válida pelos leves.

Amanda Cooper nocauteou Angela Magaña no segundo round, em luta válida pelo peso-palha feminino.

Com intervenção precipitada do árbitro Herb Dean, Abdul Razak Alhassan venceu Sabah Homasi por nocaute técnico no round 1, em confronto válido pela divisão peso-meio-médio.

Dominick Reyes finalizou Jeremy Kimball no segundo round, em luta válida pelos meio-pesados.

Na luta de abertura, Justin Willis nocauteou Allen Crowder a 2min33seg do primeiro round. Combate válido pelos pesos-pesados.

O card preliminar já está encerrado em Detroit. Em questão de minutos, o card principal tem seu início na Little Ceasars Arena. Vamos aos resultados do card preliminar.

CARD PRINCIPAL
Peso-pena (até 65,8kg): Max Holloway (65,8kg) x José Aldo (65,8kg)
Peso-pesado (até 120,7kg): Alistair Overeem (112kg) x Francis Ngannou (118,8kg)
Peso-mosca (até 57,2kg): Henry Cejudo (57,1kg) x Sergio Pettis (57,1kg)
Peso-leve (até 70,8kg): Eddie Alvarez (70,3kg) x Justin Gaethje (70,7kg)
Peso-palha (até 52,6kg): Tecia Torres (52,6kg) x Michelle Waterson (52,2kg)

CARD PRELIMINAR
Peso-leve (até 70,8kg): Charles do Bronx (70,1kg) x Paul Felder (70,5kg)
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Alex Cowboy (77,3kg) x Yancy Medeiros (77,1kg)
Peso-leve (até 70,8kg): David Teymur (70,7kg) x Drakkar Klose (70,7kg)
Peso-palha (até 52,6kg): Felice Herrig (52,4kg) x Cortney Casey (52,4kg)
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Sabah Homasi (77,3kg) x Abdul Razak Alhassan (77,1kg)
Peso-meio-pesado (até 93,4kg): Jeremy Kimball (93kg) x Dominick Reyes (93kg)
Peso-pesado (até 120,7kg): Justin Willis (120,2kg) x Allen Crowder (107,5kg)
Peso-palha (até 52,6kg): Amanda Cooper (52,6kg) x Angela Magaña (52,2kg)

A última vez que se encontraram, José Aldo não conseguiu conter a agressividade de Max Holloway, que o nocauteou de maneira avassaladora, aos 4m13s do terceiro round, pela unificação do cinturão dos penas, na luta principal do UFC 212, em junho, no Rio de Janeiro.

No card preliminar, os brasileiros Alex Cowboy e Charles Do Bronx não tiveram problemas e bateram seus pesos 77,3kg e 70,1kg, respectivamente, e também confirmaram seus combates no UFC 218.

Já o lutador brasileiro foi o último a subir à balança. Na primeira tentativa ficou acima do peso, mas em seguida, pediu a toalha e, nu, registrou o peso limite para a disputa do título no card principal do Ultimate.

O primeiro a subir à balança foi o atual campeão da divisão Holloway, que precisou ficar nu para alcançar os 65,8kg necessários. Em suas redes sociais, o norte-americano brincou: "Precisei de uma toalha porque eu pesei de cueca, e a Reebok faz umas cuecas pesadas".

Os protagonistas do evento tiveram dificuldade na hora de bater o peso da categoria, mas confirmaram o combate pelo cinturão dos penas, que será realizado neste sábado (2), em Detroit. Todos os 23 lutadores ficaram dentro do limite permitido.

O UFC 218 acontecerá na nova arena da cidade de Detroit (EUA), a Little Ceasars Arena. O havaiano Max Holloway defende seu cinturão peso-pena pela primeira vez e concederá revanche ao brasileiro José Aldo esta noite.