Dos Anjos domina, bate Robbie Lawlerno UFC Winnipeg e se credencia à disputa do cinturão

Vitorioso por decisão unânime (triplo 50-45), Rafael dos Anjos mostrou muita segurança em sua atuação contra Robbie Lawler e agora aguarda por Tyron Woodley para tentar tomar o cinturão dos meio-médios

Dos Anjos domina, bate Robbie Lawlerno UFC Winnipeg e se credencia à disputa do cinturão
Foto: Josh Hedges/Getty Images

O UFC desembarcou na cidade de Winnipeg, no Canadá, neste sábado (16), e teve vitória importante do Brasil no octógono. Na luta principal, Rafael dos Anjos dominou Robbie Lawler e superou o americano por decisão unânime (50-45, 50-45, 50-45). O card principal ainda teve o brasileiro Glover Teixeira saindo vitorioso diante de Misha Cirkunov, enquanto Erick Silva abriu o card preliminar com mais uma derrota no UFC.

Na luta principal, o brasileiro Rafael dos Anjos encarou o ex-campeão meio-médio Robbie Lawler, em combate que definiria o próximo oponente de Tyron Woodley pelo cinturão meio-médio do UFC. Em combate seguro e dominante, Rafael superou Lawler por decisão unânime e está credenciado para desafiar Woodley pelo cinturão. Foi a terceira vitória seguida do brasileiro em 2017. Enquanto Lawler sofreu sua primeira derrota após perder o cinturão para Tyron Woodley.

O primeiro round foi bastante movimentado. Rafael dos Anjos e Robbie Lawler trocaram golpes pesados na trocação. O brasileiro buscou atacar a base do americano com chutes nas pernas durante o round, mas em boa parte do tempo os atletas trocaram pegadas no clinch, apenas invertendo posições.

O segundo round teve grande intensidade de golpes, principalmente por parte de Rafael dos Anjos. O combate teve um ritmo morno na primeira metade do round, mas um golpe de Rafael abalou Lawler e o brasileiro avançou para cima do americano e aplicou uma severa sequência de golpes na linha de cintura e cabeça do ex-campeão dos meio-médios, mas Lawler resistiu mesmo estando seriamente abalado. O americano ainda teria gás para pressionar Rafael dos Anjos antes do gongo soar.

No terceiro assalto, a luta reduziu seu ritmo. Os atletas passaram boa parte do tempo no clinch, trocando posições. Porém, Rafael dos Anjos se sobressaiu com uma queda na parte inicial do round e com um knockdown no final, garantindo tempo precioso pontuando por cima antes do soar do gongo para o final do round.

No quarto segmento de luta, tanto Rafael quanto Lawler buscaram se soltar um pouco mais na trocação. Apesar de o jogo de clinch continuar na estratégia do brasileiro, a luta teve momentos de trocação mais franca, com pressão e iniciativa de Rafael dos Anjos.

Rafael dos Anjos buscou controlar Robbie Lawler no último round. Mesclando clinch com controle de distância a um raio curto, o brasileiro conseguiu parar o americano na luta em pé, mesmo nos momentos de trocação mais franca. Rafael ainda tentou quedar Lawler, mas sem sucesso.

Outros resultados do evento
Card principal
Peso-casado (67,3 kg): Josh Emmett venceu Ricardo Lamas por nocaute a 4min33seg do round 1.
Peso-meio-médio: Santiago Ponzinibbio venceu Mike Perry por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28).
Peso-meio-pesado: Glover Teixeira venceu Misha Cirkunov por nocaute técnico a 2min45seg do round 1.

Card preliminar
Peso-meio-pesado: Jan Blachowicz venceu Jarred Cannonier por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28).
Peso-médio: Julian Marquez venceu Darren Stewart por finalização (guilhotina) a 2min42seg do round 2.
Peso-meio-médio: Chad Laprise venceu Galore Bofando por nocaute técnico a 4min10seg do round 1.
Peso-meio-médio: Nordine Taleb venceu Danny Roberts por nocaute a 59s do round 1.
Peso-leve: John Makdessi venceu Abel Trujillo por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27).
Peso-médio: Alessio Di Chirico venceu Oluwale Bamgbose por nocaute a 2min14seg do round 2.
Peso-meio-médio: Jordan Mein venceu Erick Silva por decisão unânime (30-26, 30-27, 30-27).