Um olhar eficiente para o Draft da NFL

Todo mundo faz um “mock draft” para prever que jogadores os times irão atrás. Esse mock será diferente. Não será sobre quem eles “vão” pegar, mas sobre quem eles “deveriam” escolher e porque. Isso pode soar como uma aproximação ao “estilo Moneyball” do Draft e talvez seja até verdade, entretanto, por favor leia esse mock com uma lente diferente. Assuma que os times não fazem suas decisões baseada na lógica ou no senso comum. E este não será um mock draft tradicional. Prospectos serão mencionados diversas vezes e prospectos que deveriam (ou serão) estar no topo, talvez nem sejam citados. O que eu estou tentando analisar é quem os times “deveriam” escolher.

Com uma análise melhor das 10 primeiras escolhas, segue o Mock Draft do Vavel:

1 – Kansas City Chiefs

Os Chiefs necessitam de um criador de jogadas em ambos os lados do jogo – defesa e ataque. Eles poderiam usar, mais do que qualquer coisa, um quarterback para construir a franquia ao seu redor. Entretanto, eles decidiram que não valeria apostar em nenhum QB deste draft e foram buscar Alex Smith nos 49ers e imaginam que ele + um rookie para ser trabalhado + uma escolha de qualidade em outra posição é a melhor opção no momento.  Com isso, parece que eles irão escolher um Left Tackle, provavelmente Luke Joeckel (Offensive Tackle, TAMU) ou Eric Fisher (Offensive Tackler, CMU). Ambos são excelentes prospectos e devem se transformar em jogadores de muita qualidade na NFL. Entretanto, essa é a escolha errada para a equipe. Os Chiefs contam com Brandon Albert, um Offensive Tackle de qualidade e achar um right tackle para jogar com ele não deve ser difícil sem ser na primeira posição. Caso os Chiefs necessitem de um superstar defensivo, as melhores opções são Star Lotulelei (Defensive Tackler, Utah) e Dion Jordan (Defensive End/Linebacker, Oregon). Para o ataque, a melhor opção é Geno Smith (Quarterback, WVU).

2 – Jacksonville Jaguars

Uma equipe muito bagunçada e a razão é simples: os Jaguars deram muito para ter Blaine Gabbert e depois não fizeram nada para construir um ataque eficiente que jogasse ao lado dele. O quão bom Gabbert é de verdade não é a questão, mas enquanto a equipe não achar um QB para montar uma equipe em torno dele, nada mais importa. Outra escolha que não Geno Smith seria para apenas esperar a próxima temporada, aonde eles teriam outra escolha Top 5 para jogar fora.

3 – Oakland Raiders

Apesar de imprevisíveis durante o Draft, eu acredito que os Raiders irão seguir a sugetsão eficiente que darei. Eles fazem parte de uma divisão em que as outras três equipes confiam mais nos seus ataques e não montam boas defesas. Além disso, a equpe de Oakland perdeu grande parte dos seus talentos na linha ofensiva para a temporada passada, o que a transformou na pior defesa contra o jogo corrido e a que mais cede sacks. Os Raiders precisam de uma superestrela defensiva e isso significa Dion Jordan, Star Lotulelei ou Sharrif Floyd (Defensive Tackle, Florida). 

4 – Philadelphia Eagles

Muito se tem falado que os Eagles irão atrás de Eric Fisher e Lane Johnson para reforçar a sua linha ofensiva. Isso, com certeza, é a escolha errada. O Eagles perdeu três titulares da sua linha ofensiva durante a temporada passada, além do left tackle Jason Peters. Escolher outro jogador de linha ofensiva talvez permita que eles descartem Peters para outro time. A diretoria acredita que um jogador parecido com Peters + uma gigante melhora no diferencial de turnovers (os Eagles tiveram saldo pior que –20 na última temporada) significaria um aumento imediato de 8 vitórias para a equipe. Os Eagles estão praticamente no mesmo barco que os Jaguars. Enquanto não melhorarem o seu QB, não sairão do lugar. Isso significa escolher Geno Smith.

5 – Detroit Lions

Eu gosto de Martin Mayhew. Ele foi titular por bastante tempo durante os tempos de glória do Redskins e tem tomado boas decisões como General Manager de Detroit. Entretanto, ele faz uma coisa no Draft que prejudica os Lions: escolhe o melhor jogador disponível independente de posição. É evidente que os Lions precisam melhorar a sua linha ofensiva. Eles escolheram Riley Reiff na temporada passada, mas não puderam contar com dois titulares durante quase toda a temporada e demonstraram ter necessidade de contar com mais uma estrela. Portanto, Eric Fisher ou Lane Johnson (Offensive Tackle, Oklahoma).

6 – Cleveland Browns

Os Browns tem um ataque mediano e que agora está sobre controle de um gênio ofensivo, além de uma defesa boa que foi reforçada durante o período de agentes livres. Eles não são candidatos a escolherem um dos milhares de prospectos de linha ofensiva que são os grandes desejos deste draft e parecem estar indo atrás de alguém que faça companhia para Paul Kruger ou de um cornerback que substitua Sheldon Brown. Eu aconselharia os Browns a escolherem alguém que ninguém esperaria, principalmente numa posição tão alta. Tavon Austion (Wide Receiver, WVU).

7 – Arizona Cardinals

Um time que vive situação semelhante aos Lions. Adoram escolher o jogador pela qualidade, sem pensar na posição. Entretanto, os Cardinals tem muito problema na sua linha ofensiva e na posição de quarterback. Eles pegaram Carson Palmer de maneira barata, apenas para tapar buraco. Entretanto, o buraco tem sido tapado de maneira que faz o problema da linha ofensiva ficar mais escancarado. O melhor jeito de o Cardinals melhorar é buscar Lane Johnson ou Eric Fisher.

8 – Buffalo Bills

Os Bills são um caso interessante. Eles têm uma mente ofensiva dinâmica, com peças suficientes para surpreender. Fitzpatrick está fora, Kevin Kolb está dentro, mas não claramente como titular. Eles parecem ter algumas armas reais em ambos os lados da bola. Muito se tem especulado que os Bills vão atrás de EJ Manuel ou de um QB. Eu não vejo isso como uma utilização eficiente da escolha, especialmente com muitos QBs que estariam disponíveis para eles no segundo round (e um QB que conhece o sistema é Ryan Nassib). Essa escolha precisa ser de um titular ofensivo de qualidade. Se Eric Fisher chegar aqui, ele é a escolha. O mesmo vale para Tavon Austin.  Se ambos já tiverem sido escolhidos, então Cordarrelle Patteron (Wide Receiver, Tennessee) deve ser o escolhido.

9 – New York Jets

O Jets parece meio perdido por aqui. Eles estão tentando negociar Mark Sanchez  para qualquer um que quiser contar ele (memorando para o novo GM: ninguém irá abrir mão de uma escolha de segundo round por ele) e estão apenas esperando conseguir um novo QB para poder dispensar Tim Tebow. Mesmo assim, os Jets parecem estar próximos de selecionar um jogador de defesa para compensar a saída de Darrelle Revis. Aqui só existem duas possibilidades decentes: Matt Barkley (QB, Southern California) ou EJ Manuel.

10 – Tennessee Titans

Se Dee Milliner (Cornerback, Alabama) chegar até aqui, ele será a escolha. Anote. Os Titans amam ele e necessitam de um cornerback urgentemente. Entretanto, graças à regra de contato ilegal, não é preciso gastar muitos recursos em um cornerback, ainda mais um que precisa se desenvolver. Os Titans precisam de reforços urgentes para a sua defesa contra o passe. Kenny Vaccaro (Safety, Texas) me parece o mais indicado.

11 – San Diego Chargers

Chance Warmack (Offensive Guard, Alabama)

12 – Miami Dolphins

DJ Fluker (Offensive Tackle, Alabama)

13 – New York Jets (de Tampa Bay)

DJ Fluker ou Tyler Eifert (Tight End, Michigan)

14 – Carolina Panthers

Chance Warmack ou Jonathan Cooper (Offensive Guard/Center, North Carolina)

15 – New Orleans Saints

Kyle Long (Offensive Tackle, Oregon)

16 – Saint Louis Rams

Matt Elam (Safety, Florida)

17 – Pittsburgh Steelers

Barkevious Mingo (Defensive End/Outside Linebacker, LSU) ou Jarvis Jones (DE/OLB, UGA)

18 – Dallas Cowboys

Datone Jones ( Defensive Lineman, UCLA)

19 – New York Giants

Sheldon Richardson (Defensive Tackle, Missouri)

20 – Chicago Bears

Kevin Minter(Linebacker, LSU)

21 – Cincinnati Bengals

Jonathan Cyprien (Safety, Florida International)

22 – Saint Louis Rams (dos Redskins)

Sylvester Williams(Defensive Tackle, North Carolina).

23 – Minnesota Vikings

Larry Warford (Offensive Guard, Kentucky).

24 – Indianapolis Colts

Barkevious Mingo (Defensive End/Outside Linebacker, LSU)

25 – Minnesota Vikings (dos Seahawks)

Robert Woods(Wide Receiber, Southern California) ou Keenan Allen (WR, California)

26 – Green Bay Packers

Menelik Watson (Offensive Tackle, FSU)

27 – Houston Texans

Justin Hunter (Wide Receiver, Tennessee)

28 – Denver Broncos

Alex Okafor (Defensive End, Texas)

29 – New England Patriots

Stedman Bailey (Wide Receiver, WVU)

30 – Atlanta Falcons

Desmond Trufant (Cornerback, Washington).

31 – San Francisco 49ers

Justin Hunter (Wide Receiver, Tennessee)

32 – Baltimore Ravens

Justin Pugh (Offensive Tackle, Syracuse)

VAVEL Logo