Com um ar de seriedade e final com emoção, Team Rice vence Team Sanders no "novo" Pro Bowl

Tendo estreado neste ano um novo formato em que os atletas fossem definidos por meio de Draft e o jogo festivo da NFL, ao invés de um embate entre as conferências, mesclasse atleta de ambas em equipes comandadas pelos hall of famers Jerry Rice e Deion Sanders, o Pro Bowl, realizado, assimo como nos últimos anos, em Honolulu, Hawaí, contou com pouco lances de impacto como nas últimas edições e, com um ar maior de seriedade, o Team Rice conquistou uma virada nos segundos finais de jogo, vencendo a partida por 22 a 21 e assegurando a excelente premiação financeira dada pela poderosa liga de futebol americano a equipe vencedora.

É notório que os atletas no Pro Bowl jogam sem muita vontade, mas depois de edições um tanto quanto chatas, a de 2014 revelou um pouco mais de seriedade no jogo festivo. Com as defesas atuando de maneira mais intensa, os ataques não tiveram vida tão fácil, inclusive encontraram muitas dificuldades para avançar no campo, embora este tenha sido um panorama geral, o início da partida revelou que a edição deste ano seria quase um jogo de várzea, assim como tantas outras, isso porque, logo em sua primeira posse de bola, o Team Sanders já alcançou o TD com DeSean Jackson recebendo passe de 36 jardas de Andrew Luck.

Contudo, o jogo foi decorrendo e o que se evidenciou é que este lance do começo acendeu um pouco a luz do Team Rice que reforçou sua defesa, porém também via o adversário manter-se forte nesse ponto, o que trouxe complicações para o ataque, só que, depois de muito insistir, no segundo quarto, enfim, Rice pôde comemorar um touchdown de sua equipe, isso porque Drew Bress e Jimmy Graham demonstraram o entrosamento oriundo do New Orleans Saints, conquistando um TD que deixou o jogo empatado em 7 a 7.

Depois de tal touchdown, a partida ganhou ares de festa, alguns lances plenamente improváveis em partidas de alto nível e mais duras ocorreram para "quebrar o gelo", o que deu margem para que os atletas aparecessem com mais afinco. Depois de Philipp Rivers, atleta do Team Rice, ser interceptado, o Team Sanders desenvolveu uma boa campanha ofensiva e alcançou ao TD com uma corrida de 1 jarda de Cam Newton, porém, ainda antes do intervalo, Rivers se redimiu e, com um passe de 10 jardas para Josh Gordon, fez com que a primeira metade do jogo se encerrasse com o placar empatado.

Na volta do intervalo, as duas defesas voltaram a aparecer com afinco, o que chegou a passar a impressão de que o empate ia se manter e a decisão iria para o OT, no entanto, no quarto final, Nick Foles conectou um passe de 12 jardas com Jordan Cameron na end zone, para colocar os comandados de Deion Sanders novamente a frente no placar: 21 a a 14, dessa vez em definitivo.

A equipe de Jerry Rice se esforçou para tornar a empatar a partida ou, até mesmo, virar, porém Alex Smith acabou interceptado perto do fim da partida, mas, com menos de 1 minuto para o fim da partida, quando tudo já aparentava estar decidido, o mesmo Smith achou DeMarco Murray depois de um passe de 20 jardas e, com a conversão de 2 pontos sendo convertida, a virada foi decretada e a vitória ficou para o Team Rice: 22 a 21.

VAVEL Logo