Em busca do cinturão, Lyoto encara Weidman na pesagem do UFC 175
(Foto: Evelyn Rodrigues)

Em um Mandalay Bay Arena tomado por brasileiros, os gritos de "Dragão" durante a pesagem de Lyoto Machida, marcou o ínicio do UFC 175. Realizado nesta sexta-feira (04), em plena independência dos Estados Unidos, o lutador terá pela frente o americano Chris Weidman, atual campeão dos pesos-médios, após desbancar outro brasileiro, Anderson Silva.

Em sua entrada, Machida subiu ao palco e esteve apenas 200g abaixo de seu adveresário, batendo a meta e confirmando o combate. Após o cumprimento sério, sem sorrisos ou brincadeiras, o brasileiro garantiu estar confiante.

"Me sinto pronto, estou me sentindo muito bem nessa categoria e vou dar o meu melhor para conseguir uma bela apresentação amanhã", afirmou.

No outro combate valendo cinturão, Ronda Rousey subiu ao palco e foi recebido por vaias pelos presentes na arena. Já sua desafiante, Alexis Davis foi aplaudida e demonstrou simpatia para com os organizadores e com o público. Com uma encarada intensa, as desafiantes se afastaram e o publico voltou a se dividir, em um misto de apoio e críticas com a atual campeã.

(Foto: Evelyn Rodrigues)

Ainda pelos pesos médios, Thiago Marreta e Uriah Hall não se cumprimentaram, causando estranheza antes da encarada tensa. Nos pesos-pesados, Stefan Struve e Matt Mitrione chegaram a trocar cumprimentos, mas nada que não voltasse ao clima de tensão após uma longa troca de olhares. Fechando, Marcus Brimage, do peso-galo, chamou atenção pelo adereço que utilizava, uma lente vermelha para proteger o olho.

Um dos mais queridos pelos americanos, Urijah Faber levou o público abaixo após sua aparição. O "California Kid" bateu 61,7kg e confirmou-se para o combate contra Alex Cáceres, também dentro do peso. Outro brasileiro no evento, Ildemar Marajó subiu ao palco com uma camisa do Brasil e bateu 77,1kg, cerca de 450 gramas abaixo do seu adversário, Kenny Robertson.

Estreando no UFC, Guilherme Bomba, ex-TUF, driblou o aparente nervosismo e bateu a meta de 83,9kg para enfrentar o americano Luke Zachruch. Encerrando o ciclo dos brasileiros, Bruno Carioca confirmou seu duelo contra o também americano Chris Camozzi, exatamente com a mesma margem de peso.

O UFC 175 acontece no próximo sábado (05), na Mandalay Bay Arena, em Las Vegas, com início programado para às 19h30 (horário de Brasília).

Confira o card completo

CARD PRINCIPAL
Peso-médio (até 83,9kg): Chris Weidman (83,9kg) x Lyoto Machida (83,7kg)
Peso-galo (até 61,2kg): Ronda Rousey (61,2kg) x Alexis Davis (61,2kg)
Peso-pesado (até 120,7kg): Stefan Struve (114,1kg) x Matt Mitrione (115,2kg)
Peso-médio (até 84,4kg): Uriah Hall (83,9kg) x Thiago Marreta (83,9kg)
Peso-galo (até 61,7kg)*: Russell Doane (61,7lg) x Marcus Brimage (61,5kg)


CARD PRELIMINAR
Peso-galo (até 61,7kg): Urijah Faber (61,7kg) x Alex Caceres (61,2kg)
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Ildemar Marajó (77,1kg) x Kenny Robertson (77,6kg)
Peso-médio (até 84,4kg): Chris Camozzi (83,9kg) x Bruno Carioca (83,9kg)
Peso-galo (até 61,7kg): Rob Font (61,2kg) x George Roop (61,2kg)
Peso-médio (até 84,4kg): Luke Zachrich (83,9kg) x Guilherme Bomba (83,9kg)
Peso-médio (até 84,4kg): Kevin Casey (83,9kg) x Bubba Bush (83,9kg)

VAVEL Logo