Em duelo sofrido, Oilers perdem para o Vancouver Canucks e seguem sem vencer

As coisas não andam nada bom em Edmonton. No quarto duelo entre os Oilers e os Canucks na temporada, mais uma vez, os Nucks saíram vencedors. Com requintes de crueldade, venceram os Oilers no Rexall Place, nesta quinta-feira (20) por 5 a 4, e segue na cola do Anaheim Ducks pela liderança da Conferência Oeste. Já os petroleiros seguem sem vencer em sua conferência, e parece que a seca de playoffs continuará por mais um ano na capital de Alberta.

Em outro duelo na noite, o New York Rangers recebeu o Philadelphia Flyers no Madison Square Garden, e venceu por 2 a 0. Cam Talbot, goleiro reserva dos Blueshirts, fez 31 defesas para conseguir o shutout. Kevin Klein e Rick Nash fizeram os gols no jogo.

O primeiro período da partida foi nervoso. Com somente dois minutos de jogo, já houve briga entre Pinizzotto e Dorsett. Ference e Bieksa também partiram para o combate no final da etapa inicial. O primeiro gol da partida foi dos Canucks, durante um powerplay adversário. Aos 15 minutos, Shawn Matthias interceptou um passe de Ryan Nugent-Hopkins e lançou Jannik Hansen que, no breakaway, fez o gol shorthanded para os visitantes. Logo depois, o sueco Daniel Sedin ainda teve a chance de ampliar, mas o gol foi anulado devido a uma interferência de Alexandre Burrows em Ben Scrivens

Com dois minutos passados na segunda etapa, os Canucks fizeram o segundo gol. No powerplay, Henrik Sedin venceu o faceoff, seu irmão Daniel pegou o disco e passou para Radim Vrbata acertar um forte slapshot no canto direito da meta de Scrivens. Apesar do domínio de Vancouver no jogo, os Oilers conseguiram diminuir dois minutos depois. Steven Pinizzotto, que foi chamado da AHL na segunda-feira (17), marcou seu primeiro gol na NHL.

O terceiro gol de Vancouver saiu de mais uma falha defensiva dos donos da casa. Nick Bonino interceptou o passe de Keith Aulie, e deixou para Chris Higgins fazer seu quarto gol na temporada. Com onze minutos passados no segundo período, os Oilers conseguiram reagir e voltar para o jogo.

Em vantagem numérica, Teddy Purcell se aprovitou do faceoff vencido por Mark Arcobello e bateu de longe para fazer 3 a 2. Alguns segundos depois, o time de Alberta ainda conseguiu empatar: Após uma falha do goleiro Ryan Miller, Boyd Gordon marcou. As assistências foram de Matt Hendricks e Steven Pinizzotto, que conseguiu o Gordie Howe Hat Trick.

"É meio raro acontecer uma coisa dessas," comentou o número 13 dos Oilers. "Foi bom para mim, mas no fim do dia o que importa é o time, e nós não conseguimos sair com a vitória, o que é desapontador. Mas foi ótimo para aumentar minha confiança."

Ainda no segundo período, os Canucks voltaram a ficar na frente, mais uma vez com Radim Vrbata no powerplay. O camisa 17 contou com um screen de Daniel Sedin para marcar seu oitavo tento na temporada. Os Oilers chegaram a empatar de novo, já no terceiro período. O capitão Andrew Ference bateu de longe para deixar o placar em 4 a 4. 

Até parecia que Edmonton iria vencer a primeira contra um time da Conferência Oeste, mas outra falha defensiva custou caro ao time de Alberta. Os irmãos Sedin trocaram passes no breakaway, e passaram o puck para o zagueiro Yannick Weber fazer seu primeiro gol no ano, e sacramentar a terceira vitória em três jogos em Edmonton nesta temporada.

O Vancouver Canucks (13-6-0) jogará de novo na noite desta quinta (20), quando recebe o Anaheim Ducks (11-4-5) em confronto direto pela liderança da Divisão Pacífico. Já os Oilers (6-11-2) descansam até sexta (21), quando enfrentam o New Jersey Devils (8-9-2) no Rexall Place.

VAVEL Logo